terça-feira, fevereiro 07, 2006

Convite

"A natureza, em primeiro lugar, fez de nós seres que, em lugar de ficarem inclinados para a terra, são altos e erectos a fim de que possam, ao olhar o céu, tomar conhecimento dos deuses. Pois os homens estão na terra não como moradores ou habitantes, mas como espectadores das coisas supraterrestres e celestes, espectáculo que não é para nenhuma outra espécie animal. "
Cícero

Convido-te a reflectir sobre a história do teu herói preferido, lembrando que o verdadeiro caminho do herói é o da vida criativa, o caminho da mudança que leva a uma nova vida. E esse caminho não está reservado a uns poucos escolhidos, todos nós, homens e mulheres nascemos para ser heróis.
Diz-me, quem é o teu herói?

12 Comments:

At 7/2/06 5:56 da tarde, Anonymous Melga said...

E no entanto, haverá sempre uns mais heróis do que outros.
O meu herói é alguém que me escuta e me compreende, que me faz ver o caminho para que talvez também eu possa vir a ser o herói de alguém.
Quem será?
E que tal respostas para o meu comentário anterior?

 
At 7/2/06 6:05 da tarde, Anonymous Melga said...

Então diga-me onde devo procurar porque a minha deve estar muita funda e, não digo mais nada porque ia a sair um disparate daqueles.

 
At 7/2/06 6:07 da tarde, Anonymous dmalaia said...

o herói escuta-a porque temo que dizer, compreende-a porque é articulada, não é preciso muito esforço.Doar o seu tempo a quem precisa de si será, talvez o maior acto de heroísmo a que qualquer melga terá direito.

 
At 7/2/06 6:09 da tarde, Anonymous dmalaia said...

melgas heroínas têm almas às pintinhas. procure as pintinhas, achará a alma!

 
At 7/2/06 6:16 da tarde, Anonymous Melga said...

Isto é mesmo giro e na hora.
Estou com o coração quentinho pois não acho nenhum acto de heroísmo.
Espero a outra resposta.

 
At 7/2/06 6:21 da tarde, Anonymous Melga(às pintinhas) said...

Afinal já cá tinha a resposta.

Obrigada! Já não me lembro da última vez em que ri com tanto gosto.

 
At 7/2/06 6:31 da tarde, Anonymous Angela said...

" Para onde vai tua pressa? Nunca encontrarás essa vida que procuras. Quando os deuses criaram o homem, atribuíram-lhe a morte; mas a vida, essa ficou para eles. Quanto a tí, Gilgamesh, enche a barriga de coisas boas; de dia e de noite, dá-te a danças e alegrias, a festas e a júbilos. Que as tuas roupas sejam novas, banha-te na água, acarinha o menino que te pega na mão e torna feliz tua mulher no teu abraço; porque é isso que cabe ao homem"
Siduri a Gilgamesh do épico Sumeriano.
Tantos são os heróis, mas prefiro, entre todos,o Perseu que vive em mim.

 
At 7/2/06 6:39 da tarde, Anonymous Angela said...

Conhecem o livro "O Herói" de Lutz Müller? Pequeno em tamanho e ótimo conteúdo- uma carta de apresentação ao nosso próprio herói.

 
At 8/2/06 7:16 da manhã, Anonymous c_mim said...

Os meus herós preferidos são:
1º "Mafaldinha" (www.mafalda.net)porque foi a minha 1ª consciência política;
2º Gaston Lagaffe (http://www.gastonlagaffe.com/sitefr/index.php), porque é muito assim que se trabalha nesta "santa terrinha";
3ª Marsupilami (www.marsupilami.com/site/index1_fr.htm), acho que tenho o mesmo temperamento emocional.

 
At 8/2/06 11:32 da manhã, Blogger 125_azul said...

Meeeerci!!! agora tá muito + bonito!
E hoje correu tão bem, consegui esbracejar sem me afogar...

 
At 3/6/06 5:38 da tarde, Blogger Su said...

O meu pai é o meu heroi, náo deveria usar este tempo do verbo, pois ele morreu o ano passado, mas para mim ele vai continuar a ser o meu pai, continuar a ser o meu heroi, mesmo que já não o veja.

Heroi é sem duvida aquele que nos dá vida por amor.

 
At 3/6/06 5:43 da tarde, Blogger Su said...

qt a personagens da BD, acho a Mafaldinha genial, a melhor banda desenhada de todos os tempos.

O engraçado, é que em miuda me alcunharam de mafalda a contestatária, era gordinha, baichinha, usava aquele corte de cabelo, sempre de mau feitio e rebelde!
:)

Hoje rio, mas isto á uns anos a traz custou!

 

Enviar um comentário

<< Home