terça-feira, agosto 01, 2006

Falsas Aparências


Se me fosse concedido um dom, gostaria que fosse o da escrita. Gostaria de saber escrever como Sarah Waters.

Gostaria de conceber histórias delicadas, com tramas intrincadas, que fazem sonhar, suspirar e desejar que os livros, geralmente com mais de 400 páginas, cheguem e não cheguem rapidamente ao fim; ardemos de impaciência para saber como acaba, desejamos que nunca mais acabe, tão encantados ficamos com as suas construções.

Seus livros são sempre sobre o amor, amor em estado puro, profundo, sem serem piegas, absolutamente. Seus amores são sempre surpreendentes e transgressores, os desejos intensos apenas insinuados.

São livros para se oferecer a quem se ama, à melhor amiga, a quem precisar de voltar a acreditar...

Comecei com Afinidade, uma história de amor diferente, intensa, contida, magnífica, o primeiro livro dela traduzido para português e vencedor do British Book Awards Author of the Year.

Seguiu-se Tipping the Velvet e The Night Watch, ainda sem tradução e agora este Falsas Aparências, Fingersmith no original, a história de Sue Trinder, entregue ainda bebé a uma mulher que a alugava para esmolar à saída dos teatros londrinos e de Maud Lilly, menina rica e ingénua que mora sozinha no campo, numa Inglaterra victoriana e preconceituosa.

Sarah Waters nasceu no País de Gales em 1966. Ainda é suficientemente jovem para escrever muito, para nos encantar por mais e mais anos.

Que as musas da inspiração nunca parem de lhe soprar ao ouvido.

28 Comments:

At 1/8/06 10:23 da manhã, Blogger anamoris said...

Minha Linda, fiquei muito curiosa. Sabes se há tradução? É que o meu inglês é básico não dá para leituras.
Beijos

 
At 1/8/06 11:06 da manhã, Blogger melga meiguinha said...

Não conheço a autora mas confio no seu bom gosto.

Beijocas.

 
At 1/8/06 12:25 da tarde, Blogger Paulo Sempre said...

Ok....então escreva!!!!

Bjs

Paulo

 
At 1/8/06 12:29 da tarde, Blogger Aragana said...

Cada um é para o que nasce..

Já assim diziam as nossas avós?

De certo que fazes outras coisas muito melhor que a escritora que falas...

 
At 1/8/06 12:35 da tarde, Blogger Su said...

ok, ta comprado!

:)

 
At 1/8/06 12:38 da tarde, Blogger Folha de Chá said...

Com o Verão e a praia, nada melhor do que ter tempo para ler. Muito, muito. :)

 
At 1/8/06 12:50 da tarde, Blogger Tongzhi said...

Nunca li nada dela :( Vou ver se leio. Mas tenho uns tantos em "lista de espera" :(

 
At 1/8/06 12:51 da tarde, Blogger anamoris said...

Obrigada, vem mesmo a calhar vou agora à Fnac do Chiado, aproveito e compro para ler nas férias. Beijos

 
At 1/8/06 12:59 da tarde, Blogger totoia said...

Nunca tinha ouvido falar, obrigado pela sugestão, vou ver se leio qq coisa dela.

 
At 1/8/06 1:39 da tarde, Blogger Paulo Sempre said...

"sociadades secretas", "máfias", "grupos de actividades privadas" , "religiões", "fundações" e "seitas" e afins, todas têm uma coisa em comum: Aproveitamento do da desatenção do Zé-povinho.
Temos que estar permanentemente informados para não sermos a vítima que se segue.
Obrigadoi pela visita.

Paulo

 
At 1/8/06 1:42 da tarde, Blogger Pitucha said...

Nunca li nada dela mas é falha que vou corrigir assim que der um pulo à Waterstones daqui!
Obrigada pela dica.
Beijos

 
At 1/8/06 1:53 da tarde, Blogger anamoris said...

EStava esgotado na Fnac, comprei na Bertrand e olha como estava para compras aproveitei e meti no saco também o África Minha da Karen Blixen. Ando para ler há anos, porque o filme já vi vezes sem conta, é o meu eleito.
Beijos

 
At 1/8/06 1:55 da tarde, Blogger MARTA said...

Obrigada pela dica. Já li um artigo sobre esta autora, mas nunca comprei um livro dela.
Vou ver se encontro, se possível em inglês, para que as minhas estrelas brilhem ainda mais.
Obrigada pelo comentário carinhoso.
Sei que me estou a repetir, mas tu sabes do que estou a falar.
Beijos e abraços
Marta

 
At 1/8/06 4:34 da tarde, Anonymous Carlos said...

http://vagueandoporti.blogspot.com/

Quero descobrir
Teu corpo, teu suor
Percorrendo, correndo
Sem pressa os instintos.
Deixar mãos
Colarem pernas
Marcarem seios
Rasgarem bocas.
Quero tua descoberta
Feita em meu corpo
Na luxúria nossa de cada dia

 
At 1/8/06 5:37 da tarde, Blogger Tia Cremilde said...

adivinha quem voltou...

bela sugestão... não a conheço, mas vou tratar disso!

 
At 1/8/06 7:22 da tarde, Blogger C_mim said...

Ahhh... sempre descobriu o livro... Boa!! Boa!! Eu vou à procura do meu...

 
At 1/8/06 8:22 da tarde, Blogger Sinapse said...

Vendeste tão bem o livro que fiquei com vontade de lê-lo! :)



Beijinhos,
Sinapse

 
At 1/8/06 11:38 da tarde, Blogger Ck in UK said...

Tou farta de o ver e nunca me deu pro comprar. acho q e desta.
mas sabes q eu como livros compulsivamente - tudo culpa da amazon. Agora ando a ler o ultimo do anthony bourdain. Conheces?

 
At 1/8/06 11:46 da tarde, Blogger greentea said...

nunca li nada dela mas já fico a saber.
Quanto à anamoris, o Africa MMinha livro nada tem a ver com o filme , além da tradução que tenho ser péssima e sem qualq rigor literário. Mas Africa é sempre nossa...

 
At 2/8/06 6:42 da manhã, Blogger UrsaM said...

Uau! Se "Afinidade" é o mesmo que me deste de presente, é maravilhoso, intenso e surpreendente!

Caso não encontre "Falsas aparências" aqui no Rio, podes crer que irei te encomendar mais este! Pode reclamar do abuso mas... o vício quem me passou fostes tu!
Pena que meu ingles seja básico senão nem te aborreceria.
Agora, quanto a escrever, parece que tens te saído ótimamente até agora. No mais é só tentar os contos ou romances e conseguir tempo para o isolamento que pede a vida de quem escreve!
Um beijo e obrigada pela notícia!

 
At 2/8/06 10:18 da manhã, Blogger Barão da Tróia II said...

Não conhecia. Obrigado pela dica, fica registado.

 
At 2/8/06 12:13 da tarde, Blogger Ana said...

Não conhecia a autora. Na minha próxima peregrinação à Fnac vou procurar!

Beijinhos

 
At 2/8/06 12:37 da tarde, Blogger rouxinol de Bernardim said...

Obrigado pela informação. Hei-de peregrinar por essas bandas. Parabéns ao blog. Merece a minha viciação!

 
At 2/8/06 2:13 da tarde, Blogger Lídia Amorim said...

eu precisava urgentemente de um livro desses!!!
pa voltar acreditar em certas coisas das quais já me perdi...
Jokas!!

 
At 2/8/06 5:05 da tarde, Blogger melga meiguinha said...

O que é que anda a fazer sôdona arara?

A matar saudades do priminho e nós aqui à espera de mais um bonito post?

Espero bem que seja isso.

Beijinhos.

 
At 23/2/07 1:45 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Excellent, love it! Rhode island refinancing Search web 3a allegra com Gym class heroes cupid's chokehold mp3 http://www.data-recovery-from-hard-drive.info seascapes time share Flowers in west chester http://www.literotica-6.info/penis_pills_enlargement.html table tennis bat facial cosmetic surgery alexandria

 
At 6/3/07 10:14 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Looking for information and found it at this great site... norseman awnings ibm replaces cable tv Cheap viewsonic flat panel screen us Compare+cell+phone+family+plans Hard waterbed frame Motor bike game Auto seat covers leather Breast cancer bracelets target West alabama football

 
At 20/8/08 10:18 da tarde, Anonymous Srtª Lyubov said...

Um comentário interessante,descrito com a alma,é como se você realmente tivesse sentido na pele cada mínima palavra escrita e lida,mas eu sei,que assim foi...
Uma bela história,não apenas por mostrar duas garotas que se apaixonam perdidamente em um século ainda tão prematuro,mas por fazer sentir o quão verdadeiro e forte foi e é esse sentimento.
É uma sublime descoberta,talvez o amor no seu estado mais puro,onde ninguém sabe,apenas aquelas duas almas que participam de um doce encontro de amor.

Encantador,fiquei fascinada com o texto delicado da Sarah,e sinceramente profudamente tocada por vc "125_azul",ès imensamente sensível com as palavras.



Um beijo doce..

 

Enviar um comentário

<< Home