quinta-feira, março 30, 2006

Sintomas


Hoje, nas IV Jornadas de Psicologia, quando se discutia as possíveis intervenções psicológicas na psicose, ficaram no ar algumas citações:

"A espantosa realidade das coisas é a minha descoberta de todos os dias", Alberto Caeiro

"A simplicidade é um aspecto superficial do complexo ou então a síntese de uma estrutura difícil", Agustina Bessa-Luís

"You don't have to be mentally ill to experience mental illness", (...)


Ahhhhhhhh, alegra-me!!!

16 Comments:

At 30/3/06 6:35 da tarde, Anonymous abelha maia said...

Já ouviste falar numa linha de terapia sitémica chamada "Constelações Familiares"?
è muito interessante, eu costumo participar sempre que posso. É orientado em Portugal por uma Psicóloga Clínica- Paula Matos. Se quiseres mais informações dirige-te a www.espacopsi.com e procuras Const.Familiares.
Tem-me ajudado muito a compreender muitas coisas sobre os meus antepassados e o meu presente.
Beijos desta abelha

 
At 30/3/06 7:37 da tarde, Blogger C_mim said...

Quê?!...

 
At 30/3/06 8:12 da tarde, Blogger 125_azul said...

Abelha: conheço a Paula Matos, mas grata pela referência.
c-mim: pois, quê???

 
At 31/3/06 2:08 da manhã, Blogger Arrebenta said...

Falta o meu link...

 
At 31/3/06 3:39 da manhã, Blogger UrsaM said...

Que foto belíssima!

 
At 31/3/06 10:42 da manhã, Blogger Pitucha said...

Fiquei mais descansada!
Beijos e bom fim-de-semana
(adoro a tua música).
Beijos

 
At 31/3/06 10:42 da manhã, Blogger a lice said...

Belas reflexões!:)

Beijinhos e uma excelente sexta-feira!

 
At 31/3/06 12:23 da tarde, Blogger Silver said...

Eu gosto muito do Alberto Caeiro. ProntoS. Sempre gostei. Bom fim de semana. E descansa, que jornadas, seja do que fôr, são cansativazinhas. E Bjinhes :)

 
At 31/3/06 6:35 da tarde, Blogger AmigaTeatro said...

Azul... bem, deixa-me começar por falar da música que, aos poucos, quase q me embalava LOL =))

Bem, esse Alberto Caeiro, 'voutacontar' pfff... lol

;)*

 
At 31/3/06 7:16 da tarde, Blogger cuco said...

Se o Antoine de Saint-Exupéry não tivesse escrito o "Principezinho", não saberia nunca que (a)s "rapozinha(s)" gosta(m)de flores.
A da "estória" manda cumprimentos.
:-)

 
At 31/3/06 7:18 da tarde, Blogger cuco said...

Ah...
Pois, poesia, Pessoa e a figura do Alberto Caeiro....
Qu tal Mário de Sá Carneiro e o seu "Fim"?

 
At 4/4/06 1:55 da manhã, Blogger Folha de Chá said...

E, agora, estas citações vão ficar comigo. :) Vou levá-las, posso?

 
At 6/4/06 2:03 da tarde, Anonymous candida said...

concordo com a citação da agustina. em última análise tudo se pode resolver a partir de duas únicas premissas: viver/morrer.

 
At 3/6/06 6:09 da tarde, Blogger Su said...

:) antes de entrar na Universidade, estava indecisa na escolha a fazer, pensei em seguir Arquitectura ou Psicologia, adoro desenhar e tudo o que arquitectura por um lado, por outro, gosto de pessoas, compreende-las... fui fazer um teste Psicotécnico... sai de lá, sem duvidas, tenho alma de arquitecta, mas psicologia! Nem pensar! Ficava maluca ao fim de uns meses, isto, claro dito por o psicólogo que me fez o teste.

Mmmmm ok…ok!

 
At 23/2/07 10:25 da manhã, Anonymous Anónimo said...

That's a great story. Waiting for more. » »

 
At 2/3/07 9:33 da tarde, Anonymous Anónimo said...

This is very interesting site... »

 

Enviar um comentário

<< Home