sábado, março 25, 2006

Amores impossíveis (4)


-Maria, filha, olha-me aqueles dois!
-Quais dois homem?
-O bucha com a gaja boa com'ó milho.
-Bucha? Coitado, homem, o senhor é fortezinho...
-Fortezinho? Aquilo quando sai de cima dela deve ser um gozo! Alívio, filha, alívio!
-Ai homem, essa tua língua, pareces uma comadre. Ele tem um ar ternurento e a menina vai ali, de mão dada, com carinha feliz. Porque hás-de tu de estar a malhar nos outros, deixa-os da mão!
-Carinha feliz, ela? Uma gaja com um corpo daqueles e um calhau disforme como ele! És parva de todo, Maria. Vê-se a milhas que o gajo é rico. Achas que se ele fosse condutor da Carris ou andasse na recolha do lixo a gaja olhava para ele duas vezes?

Amor impossível, o da Maria e do seu homem.
Sim, o inferno são os outros...

16 Comments:

At 25/3/06 1:18 da tarde, Blogger lxexpo said...

O Amor não se explica vive-se!

 
At 25/3/06 1:34 da tarde, Blogger AmigaTeatro said...

Chama-se Amor, e nada mais...

:)

 
At 25/3/06 2:04 da tarde, Anonymous melguinha said...

Sim, é capaz de ser amor!(eu duvido).

Bucha, calhau disforme, etc.,etc..
Percebe como os gordos são vistos?

Este parece sentir-se bem. Ou é abençoado ou tem realmente muita massa.

Como está hoje?
Já viu a nova amiguinha?

Beijinhos.

 
At 25/3/06 2:15 da tarde, Blogger C_mim said...

Quem vê caras, não vê corações...

Um amor assim delicado não pode ser desprezado...

 
At 25/3/06 2:37 da tarde, Anonymous melguinha said...

Hoje bicho kundum tem um post engraçadíssimo.

Será que a minha querida podia saber se os bonecos estão à venda, quanto custam e se se podem comprar através da Net?

Obrigada desde já.

 
At 25/3/06 3:36 da tarde, Anonymous melguinha said...

C_mim você até pode ter razão mas, deve saber tão bem como eu, que infelizmente na maior parte das vezes, o que interessa é a cara.

O coração fica para os que se emocionam, e que cada vez são menos.

 
At 25/3/06 4:18 da tarde, Anonymous melguinha said...

Leia por favor o comentário da Ursa Mãe no post de dia 23(minha carta).

Mesmo sendo céptica, gostava de poder fazer tudo o que diz.

Como posso sentir-me bem?

 
At 25/3/06 7:29 da tarde, Anonymous Quase BUCHA. said...

Nossa Senhora!
Ai se um dia eu for bucha assim!
Mulheres!
E se o bucha foi com a maninha à piscina?
E se a menina, senhora, faz a boa a missão do dia e leva o deficiente visual à piscina?
Estão de costas e o melhor mesmo é pensar que são felizes.

 
At 25/3/06 7:33 da tarde, Anonymous Ó said...

AMOR IMPOSSÍVEL 5

Mulher-a-dias e o Guarda Nocturno.

Escrevam os possíveis e deixem estes de parte, que são muitos e muitos dos possíveis, neles se transformam.

Bom fim de semana.

 
At 25/3/06 10:47 da tarde, Blogger UrsaM said...

Parece-me que "inferno" é no que se transformou o mundo das formas de acordo com os valores de nosso dias!
Depois reclamam que não há sensibilidade, ternura etc... principalmente nos homens.
Quem sabe ele é um Rafael?

E alguém imagina o inferno das beldades?

Arara azul, adorei o post!
E terei em breve fotos da festinha pra enviar! Foi 1000!

 
At 25/3/06 11:04 da tarde, Anonymous melguinha said...

Sôdona arara,hoje ninguém lhe deitou o olho.

Está tudo bem?

E houve croquetes suficientes na festa?

Ia muito linda? E o seu amor era outra vez o borracho maior?

Diga alguma coisa rica.
Dispa a pele de vip.

 
At 26/3/06 2:19 da manhã, Blogger 125_azul said...

Vip chegou!!! jantar começou atrasado porque tia Cinha é pobre, não tem relógio, ou é miope, confundiu 20 com 22h; ou a hora já tinha mudado e a malta não tinha dado pela coisa...
Claro que NÃO havia croquetes, ricas, e claro que o meu amor era o mais lindo!
Grata pelos comentários, gostei especialmente da visão piedosa e ternurenta de "quase bucha", que pela ternura merece um grande amor, inteirinho só dele!
C-mim, maravilhosa a música, adorei a surpresa!

 
At 26/3/06 12:23 da tarde, Anonymous melguinha said...

Não me diga que a vip era a tia Cinha!

Que coisa rasca.

Beijinhos.

 
At 28/3/06 12:50 da tarde, Blogger Folha de Chá said...

O inferno são os outros, quandos os deixamos interferir. Cá por mim, gosto deste parzinho de mãos dadas. Gosto de sentimentos fortes, que deitam por terra o inferno das palavras dos outros. Parabéns, bucha, pela felicidade. :)

 
At 6/2/07 8:15 da tarde, Anonymous Anónimo said...

That's a great story. Waiting for more. » » »

 
At 6/3/07 8:52 da tarde, Anonymous Anónimo said...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! Action bextra class blood test mold allergies Seroquel 100 color Female liposuction surgeons where to buy vardenafil Jxd mp3 player Effectiveness of children's vitamins venlafaxine hcl xr Canton georgia paintball

 

Enviar um comentário

<< Home