quinta-feira, março 16, 2006

O Porco da Felicidade


Era uma vez um porco.
Era um porco absolutamente igual aos outros em quase tudo, mas havia uma coisa que o distinguia.

Essa coisa era a sua incapacidade para passar o dia a remorder e a lamentar-se, como é natural entre os porcos.

"Já sei !", pensou o porco, "Vou tornar-me um porco extraordinário! A partir de agora, só me interessarei por aquilo que é bonito e me traz luz, tudo o que é verdadeiro e maravilhoso. Vou ver o melhor em cada pessoa, o melhor em cada coisa. Vou transformar-me no PORCO DA FELICIDADE, e assim será a partir de hoje."

No dia seguinte, enquanto um dos porcos do grupo reclamava do mau tempo, o porco da felicidade dançava na chuva.

Depois, quando o porco B fez comentérios rudes sobre o rabo gordo da porca C e todos os outros porcos riram muito da porca C, o porco da felicidade ofereceu à porca C uma flor, dizendo à frente de todos os outros porcos que, na verdade, ele até achava que ela tinha um rabo bem jeitoso.

E assim ele continuou, diariamente, a interessar-se só pelo bom e belo de cada coisa.

Ao fim de algum tempo, o porco da felicidade tornou-se tão feliz por se sentir feliz e essa felicidade tornou-se tão grande, que ele percebeu que tinha encontrado um escape para aquela vidinha de refilices dos outros porcos.

E esta sensação era tão grande e maravilhosa dentro dele, que ele começou a irradiá-la para todos os outros.

AGORA, TODOS OS OUTROS PORCOS ESTÃO FELIZES.

E a sua felicidade irradia tanto, que as ovelhas também já sorriem.
Até as galinhas já começaram a sorrir...

Para todos os que acreditam que é possível contagiar pela felicidade, como Edward Monkton, poeta, artista, filósofo e pessoa interessante, considerado o mais bizarro dos pensadores actuais.

21 Comments:

At 16/3/06 8:24 da manhã, Blogger a lice said...

Esta leitura fez-me recordar o passado...:)

Lembranças numa quinta...:)

Beijinhos e um bom dia para ti!

 
At 16/3/06 8:44 da manhã, Blogger Musa said...

Gostava tanto de ser o porco da felicidade!!!...
Será possível?...
Beijinhos,
Musa

 
At 16/3/06 10:33 da manhã, Anonymous melguinha said...

Bem, então vou ver se consigo ser uma porca.

Beijinhos.

 
At 16/3/06 10:35 da manhã, Anonymous melguinha said...

E hoje caiu da cama?

Isto são lá horas de postar!

 
At 16/3/06 11:02 da manhã, Blogger C_mim said...

Isto da porca C não é nada comigo, pois não????

 
At 16/3/06 3:02 da tarde, Blogger greentea said...

excelente história para todos praticarmos!

e dançar à chuva é tão bom..................................
bjs

 
At 16/3/06 3:03 da tarde, Blogger Folha de Chá said...

Também quero tentar ser o porco da felicidade. E quer-me parecer que vou procurar mais de Edward Monkton para ler. ;)

 
At 16/3/06 6:59 da tarde, Blogger 125_azul said...

Acho que podíamos fundar a tribo das porquinhas cor-de-rosa, felizes...

 
At 16/3/06 7:39 da tarde, Anonymous melguinha said...

Eu concordo desde já.

Não sei é se consigo fazer parte da tribo.

Beijocas.

 
At 16/3/06 7:49 da tarde, Blogger Porcanilda Zenith said...

Hehehehe.....olá 125,realmente a idade pode eventualmente começar a pesar....ou não.....,quanto á tua estória,adorei,adorei,adorei,até porque tenho um fetiche por rabinhos que é uma coisa por demais!!!
Mas é assim mesmo, temos de transmitir sempre o melhor da vida, pq tristezas não pagam dívidas, e temos é de ter um astral maior do que o mundo, e transmitir essa mesma alegria, felicidade, amor até, ás pessoas que nos rodeiam, de quem gostamos,e até aquelas de quem não gostamos assim muito, e se nos disponibilizarmos a falar com elas, vemos que afinal, não são assim tão más pessoas quanto isso!
Um beijo enorme.
;)
PZ

 
At 16/3/06 7:52 da tarde, Blogger Porcanilda Zenith said...

PS:O galã da foto é um sortudo, nos tempos que correm já não se arranja lama decente!!!Gruuuuunnnnnffff!
:)))

 
At 16/3/06 9:06 da tarde, Blogger a lice said...

Já entreguei o teu recado à cerejinha!:)

 
At 16/3/06 11:12 da tarde, Blogger C_mim said...

Bem, minhas caras depois de uma exaustiva pesquisa descobri que sou porca no horóscopo chinês!!! Oinc...

Agora só falta continuar a distribuir felicidade e aguardar que ela retorne em forma de beijos e abraços... Oinc...

 
At 17/3/06 4:08 da manhã, Anonymous Angela said...

Adorei esta porcalhada!
E este Edward Monkton só pode ser considerado, de fato, um ET neste mundo louco onde matam todos os gatos alemães e zilhões de passáros em outros cantos para desconcertar ainda mais o equílíbrio do planeta e tudo por conta da gripe aviária que já é fruto de desmandos contra o equilíbrio do planeta! Soube hoje e fiquei deprimida e... o maior temor é que o vírus passe aos porcos!
Bem, que este aí seja o mensageiro intergaláctico do senhor Monkton, secundado por todas estas pessoas 125_azuis e que tudo acabe logo como um mal sonho!

 
At 17/3/06 10:58 da manhã, Blogger Silver said...

Gostei da ideia e vou adoptá-la. Obrigada. Andei aqui a ler as tuas letras e gostei muito muito. bjinhes

 
At 17/3/06 11:11 da manhã, Blogger Kiki said...

Gosto de pensar que sou uma porca feliz, sabes? pelo menos tento sempre ter essa postura...claro que nem sempre dá, mas...tenta-se :)

Beijinhos grandes

 
At 17/3/06 11:34 da manhã, Anonymous melguinha said...

Bom dia.

Como está hoje, com este dia cinzento e cheio de chuva?

Beijinhos.

 
At 17/3/06 3:02 da tarde, Anonymous melguinha(chata) said...

Como sabe nunca estou satisfeita.

Se ontem "refilei" por ter postado tão cedo, hoje quero saber onde é que a menina anda.

Será que foi outra vez de viagem e não disse nada a estas amigas blogueiras?

Está tudo bem?

Beijocas.

 
At 17/3/06 7:33 da tarde, Blogger 125_azul said...

Primeiro, a manhã foi louca. Depois houve um problema técnico com os bloggs, não conseguia postar. Mas cá estou, obrigado pela insistência.

 
At 3/6/06 6:42 da tarde, Blogger Su said...

:) ta boa!

a felicidade gera felicidade, traz felicidade.

 
At 14/2/07 8:12 da tarde, Anonymous Anónimo said...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it colours contact dura lens soft auto alarm dallas Clinasoft contact lenses

 

Enviar um comentário

<< Home