quarta-feira, março 15, 2006

A Mulher e o Chocolate


"Olá", disse o chocolate.
"Olá", respondeu a mulher.
"Tu desejas-me. Não é verdade que me desejas?", perguntou o chocolate.
"Não chocolate, não te desejo. Sou forte, posso resistir aos meus desejos frívolos."
"Mas tu precisas de mim, mulher, eu sei que sim."
"Estás enganado, não preciso de ti. Nem as minhas coxas, nem as minhas bochechas, ainda menos o meu rabo, não precisamos de ti. O que estragas em mim não compensa a satisfação que me podes dar."
"Ah, mas lembra-te do prazer rico e sedoso que sentes quando eu toco os teus lábios; recorda o veludo negro e doce que te envolve enquanto eu derreto na tua boca. Pensa na felicidade que sentes enquanto eu me dissolvo em ti e nos tornamos um só... Come-me, mulher, come-me, come-me!"
"Não!!! Pára, és cruel. Sim, o prazer pode ser grande. Mas depois vem uma culpa ainda maior: eu não posso, não devo comer-te!"
"Mas mulher, ser comido é a única razão da minha existência! "
O chocolate olhou para a mulher cheio de desgosto e uma lágrima solitária caiu no chão.
"Vais negar-me a razão da minha existência?"
A mulher era uma mulher cheia de compaixão, como a maioria das mulheres é. Agora era simplesmente impossível voltar as costas ao chocolate.
"Não, chocolate, eu não te vou negar a razão da tua existência. Seria crueldade fazê-lo."
E, com um toque de infinita ternura, a mulher pegou no chocolate e começou a comê-lo.
Enquanto o comia, reconheceu sentir o prazer mais maravilhoso que jamais experimentara.
E percebeu o que todas as mulheres deveriam saber:

Não são as mulheres que precisam do chocolates para serem felizes! É o chocolate que precisa delas!!!
E, ao comê-lo, elas estão a cometer um acto profundamente solidário e generoso...

Para todas as mulheres incapazes de resistir a um bom chocolate... ou a uma conversa que as leve a sentir-se úteis.

Inspirado em "The Lady and the Chocolate", by Edward Monkton

13 Comments:

At 15/3/06 11:06 da manhã, Anonymous melguinha said...

Tem a certeza de que estava mesmo a falar de chocolate?

Beijinhos, volto mais logo.

 
At 15/3/06 1:58 da tarde, Blogger a lice said...

Adoro chocolate!:)

 
At 15/3/06 2:12 da tarde, Blogger C_mim said...

Ora aqui está um belo cartaz...

Para quem não sabe foi dos primeiros da Belle Époque.

 
At 15/3/06 3:43 da tarde, Blogger Folha de Chá said...

Aqui está! É isso mesmo e até agora não tinha pensado assim. :) Afinal, sou mesmo generosa, porque todos os dias faço um chocolate feliz. :) (Um, ou muitos mais... eh eh eh) :)

 
At 15/3/06 4:26 da tarde, Anonymous melguinha said...

O que é que vossa senhoria anda a encolher e esticar no tai chi?

E onde é que arranja tempo para tudo?

E por que é que não responde às minhas perguntas?

E porque será que sou tão melga?

Beijinhos.

 
At 15/3/06 7:14 da tarde, Blogger 125_azul said...

Algumas perguntas estão respondidas no próprio post, se vir com atenção: não, não estava a falar só de chocolate, como fica claro no fial do post de hoje. Ontem respondi em c-mim.
tai chi não estica nem encolhe, flui e faz bem ao corpo e à alma. Pode praticar-se em qualquer sítio, é só incorporar o conjunto sequencial de movimentos que são necessários. E é melguinha porque sim, pque lhe apetece e quem quiser quea ame mesmo assim.

 
At 15/3/06 7:14 da tarde, Blogger 125_azul said...

tem mail, vá ver, sodona melga

 
At 15/3/06 7:32 da tarde, Blogger C_mim said...

Sôdona 125_azul, não respondeu ao meus mails...

Tai Chi????? Esta é nova... Tai Chu Chuan?... Onde é que posso fazer isso???

Os 3 afrodisíacos semeados por portugueses em todo o mundo:
chá, chocolate e café.

Eu adoro um chocolate depois do jantar ou com café.

 
At 15/3/06 7:55 da tarde, Blogger 125_azul said...

C-mim: Pode fazer na Gulbenkian, nos jardins. Pode fazer aos fins-de-semana de manhã em Belém, perto da torre, ao ar livre, em academias. a jinta de freg d sdominbenfica também tinha aulas. Depois de saber, pode fazer sozinha em qquer lugar. Bj, boa prática.

 
At 16/3/06 4:50 da manhã, Anonymous Angela said...

E aconteceu um dia em que o chocolate disfarçou um creme de menta e aí acabou de encantar quem gostava mais de verde!

 
At 16/3/06 9:28 da tarde, Blogger Cerejinha said...

Obrigada pelo doce comentário que me deixaste na Mini-Saia.
Porque não consegues deixar comentários? Estranho...alguma coisa a bloquear?:-(
Adorei este post do chocolate, até porque desde manhã que não me passa a vontade de beber uma béla chávena de chocolate quente com canela!!!!
:-)

 
At 16/3/06 9:38 da tarde, Blogger Sinapse said...

Que bonito post!

(o único senão é que fiquei com uma vontade gulosíssima de fazer um chocolate feliz!... mas não tenho chocolate em casa ... olha só o que foste fazer!) ;))

 
At 3/6/06 6:45 da tarde, Blogger Su said...

... sabes, to á horas a ler-te, e ainda me apetece continuar a ler-te mas, a Carolina me chama, mãmã!!!

eu volto!

o chocolate hem? nada melhor!

 

Enviar um comentário

<< Home