quarta-feira, abril 05, 2006

Angústia

Valls - labyrinth

"Não sei como cheguei aqui.

Sinto-me a Alice no País dos Espelhos. Está tudo distorcido,desfocado, estranho.

O corpo cresceu, modificou-se, não cabe dentro de mim. Os sentimentos, como se estivessem engarrafados, estão num sítio onde não tenho acesso.

Tenho o desejo de perdoar, mas precisava de uma transformação imensa dentro de mim para conseguir fazê-lo.

Não sei onde buscar a paz, a mudança, a tranquilidade.

A casa ficou vazia, encolheu, as paredes quase que me esmagam. Foram todos embora, as crianças cresceram e já não precisam de mim.

Eu já não preciso de mim. Dor, fragilidade, ausência de paz.

Como cheguei aqui?"

Para M, que fugiu da sua angústia através de um projecto de solidariedade que foi ontem premiado. Já podemos expulsar Alice do País dos Espelhos e rasgar o primeiro bilhete que me escreveu.

14 Comments:

At 5/4/06 10:46 da manhã, Anonymous melguinha said...

Boa, e agora só espero que tal como aconteceu com M, se vão rasgando muitos mais primeiros bilhetes.

Penso que deve ter ficado feliz com as palavras das amiguinhas que estiveram na comemoração de ontem.
E eu fico muito feliz por si.

Muitos beijinhos.

 
At 5/4/06 10:47 da manhã, Anonymous melguinha said...

E o post está lindo como sempre.

 
At 5/4/06 10:53 da manhã, Blogger Folha de Chá said...

Que bom, saber que a solidariedade e projectos assim conseguem afastar o medo e trazer nova luz. :) Parabéns à M. E a ti, pelas palavras com que pintaste a história. :)

 
At 5/4/06 1:06 da tarde, Blogger a lice said...

Os meus parabéns à M! Ser solidário compensa sempre, nem que seja pela enorme sensação de paz que isso nos transmite!:)

Beijinhos.

 
At 5/4/06 2:32 da tarde, Blogger Pitucha said...

Levar a bom porto projectos (quaisquer que les sejam) é sempre muito bom.
Parabéns à M e a ti porque fizeste o devido eco.
Beijos

 
At 5/4/06 4:03 da tarde, Anonymous melguinha said...

Então minha arara-mana como vai isso hoje?

Ainda não me tinha referido ao projecto de M, mas sabe como eu admiro todos os projectos de solidariedade.

Fale comigo por favor(que melga).

Muiiiiiiiiiiiiiiiiitos beijinhos.

 
At 5/4/06 6:25 da tarde, Blogger C_mim said...

A história da alice sempre me fez confusão...

Ainda bem que M se está sentido preenchida e solidária

 
At 5/4/06 7:36 da tarde, Blogger rosa carne said...

é muito bom qd se vencemos as nossas angústias. Parabéns à M.

 
At 5/4/06 7:58 da tarde, Blogger x said...

Como é que uma imagem, uma pintura, consegue expressar tão facilmente como, um dia, já me senti? Pintura PODEROSA!

 
At 5/4/06 9:16 da tarde, Blogger Meia Lua said...

Os espelhos às vezes abrem feridas, mostram-nos como somos, o que restou de outra realidade. Mas são necessários... quando se partem é porque já não precisamos mais!!!
Que a Alice seja livre para voar... beijinho

 
At 5/4/06 9:53 da tarde, Anonymous melguinha said...

Como a querida arara tem sempre razão.

As coisas estão mal mas podem sempre piorar, disse-me.

E assim aconteceu mas já estou acostumada.

Beijinho.

 
At 5/4/06 10:05 da tarde, Anonymous melguinha said...

Também esteve a ver o futebol?

Está tão caladinha.

 
At 6/4/06 6:30 da manhã, Blogger UrsaM said...

Isto me comoveu! A imagem, o texto!

Como disse "amor às rodelas" que poder tem uma imagem para retratar sentimentos que as palavras não alcançam!

como podemos nos encontrar ao esquecermos de nós...

belo trabalho!

 
At 6/4/06 9:11 da manhã, Blogger greentea said...

os blogs são isso mesmo - a multiplicação dos pães ou o milagre dos peixes e da solidariedade - as ligações, as imagens formam-se agrupam-se e há uma infindável corrente virtual que nos percorre e um sentimento maravilhoso que nos transcende.

Beijos rosa-azul!

 

Enviar um comentário

<< Home