quinta-feira, março 15, 2007

Ensaio


Ela tinha quase 12 anos e era filha única. Naquele 15 de Março de 1974, o pai entrou no quarto dela às 7 da manhã, ansioso e feliz. "Adivinha?"
Ela adivinhou. Nervosa, inquieta, vestiu o seu melhor vestido, que abotoava à frente e tinha 17 botões minúsculos. Na sua excitação, abotoou e desabotoou várias vezes o vestido, parecia que nunca mais acertava botões e casas.
Então, de mão dada com o pai, foi vê-lo Era o maior bebé do berçário, tinha 64 cm, um espanto!
Parecia o pai em miniatura.
Foi ao olhar através do vidro que fez a sua descoberta mais espantosa: deixara de ser filha única e adquirira a consciência da inevitabilidade de um amor intemporal!
Lavava pessoalmente as fradas dele: cada uma, depois de devidamente passada e arrumada no fraldário, rendia 50 centavos. Os livros da Enid Blyton custavam 2$50 e foi assim que fez a colecção das Gémeas e do Colégio das quatro torres. Completou também os Cinco, os Sete, a colecção Mistério e ainda sobrou para muitos Tio Patinhas.
Um mês e pouco depois de ele nascer, chegou o 25 de Abril que os viria a transportar para o Brasil.
Ela ajudava nos trabalhos da Escola e safava-o de encrencas, ele ensinava-lhe que não valia a pena comer a sopa toda, não era por ele comer a sopa toda que os meninos pobres deixariam de ter fome e outras lógicas igualmente brilhantes.
Ele não gostava de ler e ela apresentou-lhe o Astérix: ainda hoje acredita que isso terá algo a ver com o facto de ele ter resolvido ser historiador!
Comprou-lhe o primeiro preservativo porque ele tinha vergonha de ir à farmácia pedir (ela ia morrendo, mas nunca o deixou descobrir!).
Sofreu e voltou a sofrer enquanto o acompanhava nos torneios de ténis: porque ganhou mas esteve quase a perder, porque o árbitro roubou, porque caiu e rebentou o joelho, porque perdeu.
Ela acha que ele tem o sorriso mais deslumbrante do mundo; ele acha que ela faz o melhor bolo de chocolate do planeta. Graças a ele, ela hoje é tia de um garotinho lindo e tem uma família brasileira, com direito a cunhada e "dindos" do coração.
Hoje ele faz 33, ela tem 44. São os dois tigre no horóscopo chinês.
Para ele, meu primeiro amor incondicional, ensaio de filho, o bolo de chocolate e o abraço apertadinho que a distância jamais conseguiu evitar.
De presente de aniversário, que o Palmeiras seja finalmente campeão. Ele merece!

Etiquetas:

32 Comments:

At 15/3/07 10:02 da manhã, Blogger Carlota said...

Bem, se eu fosse o aniversariante a quem é dedicado este post maravilhoso, ficaria super-radiante! Que maravilha de irmã!
Parabéns ao irmão caçula!

 
At 15/3/07 10:18 da manhã, Blogger greentea said...

agora percebo o circuito !!

feliz dia para os tigres capicuas, besuntado com muito bolo de chocolate, enleado por um oceano que não aparta, mas aproxima !

beijos para os dois

 
At 15/3/07 10:34 da manhã, Blogger Amélia do Benjamim said...

Adorei!
Parabéns!
(também tenho 13 anos de diferença do meu irmão)

 
At 15/3/07 2:38 da tarde, Blogger pitanga said...

Ah, eu já vi esse filme! Quando o rapaz nasceu o outro tinha doze anos. Naquela época a diferença de idade era gritante, agora não. Assim como vocês dois. E também estão separados pelo oceano.


Felicidades para os irmãos que mesmos separados se amam e se completam.

 
At 15/3/07 4:55 da tarde, Blogger boleia said...

muito beijinhos de parabens! aos dois! porque eu sei bem o que a distancia custa!

 
At 15/3/07 6:16 da tarde, Blogger a lice said...

Parabéns! Muitos! Também estou separada do meu e sei o que custa...

Beijinhos!

(Era absolutamente fã da Enid Blyton... Acho que ainda hoje o sou! Devorei todos os seus livros, e vivi intensamente cada aventura, quer na ilha do tesouro, quer no colégio, etc... Ui, até suspiro, só de pensar!)

 
At 15/3/07 6:54 da tarde, Blogger melga meiguinha said...

Que lindo, querida arara!

O seu mano que me desculpe mas hoje quem recebeu o presente fui eu.
Conheci o reizinho. Malta, ele é lindo, pequenino mas uma fofura.
Apetece apertá-lo e lambuzá-lo de beijos.

Parabéns ao tio pelo aniversário e pelos sobrinhos lindos.

Beijocas.

 
At 15/3/07 10:41 da tarde, Blogger Carlos Malmoro said...

Lindo: ternura em forma de palavras. Beijocas

 
At 15/3/07 10:55 da tarde, Blogger vih said...

Parabéns ao grandalhão que está no Brasil, parabéns ati por seres como és e ao teu adorável pai, que tem um sorrio do tamanho das planícies de África, a candura nos olhos, como um menino e um grande coração para vos amar a todos vós.
Mesmo menino a colecção dos Cinco faz parte da minha cultura e o Astérix também. Obrigado por me deixares ser teu amigo. Um grande abração para todos.

 
At 16/3/07 12:40 da manhã, Blogger Sinapse said...

Adorei a palavra que escolheste para marcador deste post. Amor.







Beijinhos,
Sinapse

 
At 16/3/07 12:43 da manhã, Blogger greentea said...

e agora se comenta aqui ou no outro?
Os Cinco foi o primeiro grande livro que li, estava na 2ª classe! e depois li-os todos!
O Astériz só os comecei a ler já era bem crescida, porque em casa não me deixavam ler banda desenhada

beijinhos para ti

 
At 16/3/07 12:53 da manhã, Blogger Hindy said...

Parabéns ao irmão e um beijinho especial para ti!

Bj :o)

 
At 16/3/07 6:10 da manhã, Blogger UrsaM said...

Lindo! Pleno de amor e boas lembranças. Embora longe, vocês se têm.
A dinda assina abaixo dos votos.
E também agradece ao moço do sorriso largo, a nova família portuguesa que ganhou e o netinho, o primeiro, que foi seu trainee de avó!

 
At 16/3/07 7:47 da manhã, Blogger Pitucha said...

Então parabéns para ele!
Beijos

 
At 16/3/07 11:43 da manhã, Blogger Carmen said...

Dulce querida,
que lindo o seu texto. Assim como é lindo o amor que você sente e que você é, por tudo e por todos. Fica tão claro nessa travessia como você é "grande" na vida do seu irmão e como o amor de vcs é maior que tudo. Vou chegar no trabalho com o rosto inchado...Parabéns!

 
At 16/3/07 11:44 da manhã, Blogger Álex said...

muito bonito!

 
At 16/3/07 12:17 da tarde, Anonymous casadaponte said...

Também eu tive uma irmã quando tinha 12 anos e ...na Beira também e lembro-me muito bem da minha relação!Eram outros tempos e lembro-me bem de a levar (eu sòzinha - éramos uma família de 5 filhos) no machimbombo desde o Esturro até ao centro -para a mostrar à minha professora de religião que morava no prédio do Bulha. E foi sempre também a minha menina.Lembro-me que os meus pais vieram de férias a Portugal numa altura em que eu já trabalhava (em LM) e ao ficar com ela nos braços apertadinha de saudades, emocionar-me quando dei conta que ela já conseguia soletrar algumas palavras dos anúncios do Aeroporto...é o que se sente comm um filho! E continua a ser a minha protegida, hoje já Mãe e com dois filhotes também.
Gosto tanto de ler o que a Azulinha escreve. Precisamos mesmo todos desta onde de carinho que aqui rola sempre.
Beijinhos
M.Dores

 
At 16/3/07 3:03 da tarde, Blogger Mocho Falante said...

e pronto lá fiquei com a lágrima no canto do olho por esta descrição perfeita de amor incondicional

Muitos parabéns ao sortudo mano que tem uma irmã fantástica

beijocas

 
At 16/3/07 3:32 da tarde, Blogger melga meiguinha said...

Querida arara,

Não consigo entrar no novo blog.

Onde é que vai fazer os posts?

Beijocas.

 
At 16/3/07 4:29 da tarde, Blogger Aragana said...

Tão lindo...

:)
=)

 
At 16/3/07 5:48 da tarde, Blogger Barão da Tróia II said...

Que bela homenagem. Parabêsn bom fim de semana.

 
At 16/3/07 7:01 da tarde, Blogger Tongzhi said...

Lindo, comovente e revelador de uma sensibilidade fora do comum.
Por este, e por muitos outros posts teus que tenho lido, cada vez mais sinto uma admiração profunda pela linda pessoa que és!
Felicidade, muita felicidade para ti e para quem tem o privilégio de privar contigo

 
At 16/3/07 7:42 da tarde, Anonymous Flavita said...

Raríssimas vezes deixo comentários em blogs alheios, mas seu texto traduz com exatidão o amor de uma irmã mais velha. Me sinto assim com a minha pequena irmã de 26 anos...Só não torço para o time dela (São Paulo) ser campeão porque:

1. ele quase sempre o é;
2. eu sou palmeirense.

 
At 17/3/07 12:17 da manhã, Blogger Luísa Hingá said...

Parabéns ao mano pelo aniversário e por ter uma irmã tão ternurenta.
Beijinhos

 
At 17/3/07 12:32 da manhã, Blogger AEnima said...

que saudades de ler as tuas historias... sempre tao tuas... tao lindas! Beijinhos :)

 
At 17/3/07 7:56 da tarde, Blogger dakidali said...

Bela família. Belos genes. Podes continuar a ter mais pois serão lindos por dentro e por fora.
Beijinhos

 
At 17/3/07 10:44 da tarde, Blogger Caracolinha said...

Qué lá isso de andares para aí a dizer que a molusca não te passa cartão hum ????

Claro que passo querida, até porque sei que a vida já te deu o melhor presente que podias ter ... :)

Querida, mas este meu último mês foi absolutamente alucinante ... mas correu tudo bem e isso é o que é importante ...

Venho encontrar-te, como sempre, com palavras doces e essa absoluta sensibilidade com que moves as palavras e as moldas como se da mais bonita peça se tratasse.

Te gosto ave linda ... e claro que nunca me esqueço de ti ... de resto, como poderia não é ????

Beijoquinha encaracolada em tudo o que a vida tem de melhor e :) ...MUITOS !!!!

 
At 18/3/07 6:18 da manhã, Blogger Su said...

:)
Oiiieee... n tenho vindo muito á net... e qd venho... bem, n sei, acho q perdi a pedalada, ou as tantas ando apenas exausta e já nem escrever consigo!
Enfim, só para te dizer q n te lia á muito,vai dai gostei de saber de ti!
Um bj grande pró mano pequeno... tb tenho um irmão, com menos 3 anos q eu, e tb o amo de paixão...
felizmente, tamo pertinho um do outro... acho q entendo essas saudades...
Bj no coração!

 
At 18/3/07 10:10 da tarde, Anonymous c said...

Parabens atrasados!

Olá Linda.

Bjs e joaninhas, hojes aos montes.

 
At 20/3/07 12:45 da manhã, Blogger Fábia S said...

Que lindo, é por essas e outras que sei do que esse presente barriga é o maior que eu poderia dar para meu rebento. Beijo grande pra vc e o Miguel. Muito bom ver alguém que se conhece pelos olhos dos outros... Viva ele!

 
At 20/3/07 6:24 da tarde, Blogger Nana said...

Aqui venho depois de algum tempo sem acesso à net. Adorei os ultimos posts !
Também eu sei o que é SAUDADE ! Meus dois manos e mana mais velha estão em Portugal e eu aqui, no norte da França ...
PARABENS ao seu mano e muitas felicidades ...
O coração junta o que a distancia separa !

 
At 26/3/07 9:00 da tarde, Blogger bia di sal said...

Um beijo de quem sabe o que custa estar longe do mano caçula...
Belo post!
Um beijo

 

Enviar um comentário

<< Home