segunda-feira, fevereiro 13, 2006

O dobro e o nada


Preparando amanhã,
hoje até a lua se encheu
grávida de esperança
transbordando ternura

pois que para quem tem nada
metade é já o dobro.

7 Comments:

At 13/2/06 10:15 da manhã, Blogger C_mim said...

Pois eu gostaria de ter a minha metade...

(A imagem é muiiito bonita)

 
At 13/2/06 11:26 da manhã, Anonymous melga said...

Faço minhas as palavras anteriores.

 
At 13/2/06 2:06 da tarde, Blogger 125_azul said...

desejo-vos o dobro, a metade anda por aí

 
At 13/2/06 4:59 da tarde, Anonymous melga said...

Onde?

 
At 13/2/06 10:48 da tarde, Anonymous C said...

Esta é a Lua que te mostrei, a Lua que ontem te dei.
Inteirinha!
Não mereces metades de nada, mas sim muito de tudo o que é bom, tudo o que mereces, por seres tão Linda, tão especial.
Amanhã, que pode ser já hoje (para nós todos os dias), felizes dos Namorados que aqui possam vir e ler o que escreves, o que sentes.
Dia Feliz, Amor!

 
At 14/2/06 2:06 da manhã, Anonymous Angela. said...

Alguém por aí conhece Japones? ou hebraico? ou outro idioma raro ou difícil?
Bem, por vezes andamos pela cidade e não vemos cartazes, outdoors, tudo aquilo que estiver grafado em idomas que não conhecemos ou não dominamos. Eles estão lá!mas poderíamos jurar que não!
Já um outro que conhece a grafia e seu significado identifica e lê com facilidade.
Assim também é a sorte, o amor, a alegria e tantos outros sentimentos que juramos não ter!
Que tal mudar a ótica e aprender a identificar o que desejamos não com os caracteres esperados mas com os que alí estão...
Feliz dia de amor para todos! Que Eros habite suas vidas e faça par com Psiqué sempre que esta completar suas tarefas...
um beijo de alma antiga.

 
At 15/2/06 9:21 da manhã, Blogger 125_azul said...

Eros e Psique, brilhante, como sempre.
Ah, se todos falassem japonês!

 

Enviar um comentário

<< Home