quarta-feira, maio 10, 2006

Mulher gosta


Dormes tranquilamente. Ouves, e parece que vem de muito longe, um choro de criança. O corpo cansado demora a ragir ao alerta da mente e, enquanto tentas decidir se aquele choro te pertence, se é contigo ou não, sentes que alguém a quem estavas abraçada, se levanta a correr.

Percebes que era contigo e vais atrás. Páras à porta: já não és necessária, a criança está a ser aconchegada, resmungando algo sobre o cão muito grande que... sonhava!

Voltas para a cama sem que dêem por ti. Em silêncio, ensaias uma oração de gratidão pelo homem bom que Deus te emprestou para esta etapa da tua vida. Até te esquece que estás terrivelmente zangada com Deus...

Adormeces ao ser abraçada outra vez.

De repente, voltas a acordar. É incrível, mas estão a dar-te murros na cabeça!!!

Dizes pára, dói!

Recebes a estremunhada confissão de um sonho no qual tinhas desaparecido há algum tempo e te procuravam em desespero. Viram-te passar através de uma porta de vidro à qual desataram aos murros para chamar a tua atenção.

São 4h00 da manhã e estás a rir histericamente com o teu "atacante". Ris até te engasgares, ele ri só de pensar como se vão rir este e aquela quando ele lhes contar que foste vítima de violência
doméstica!

Há uma teoria segundo a qual mulher gosta de apanhar. Não me parece. Mas foi bom voltar a acreditar que Deus tem sentido de humor...

20 Comments:

At 10/5/06 9:21 da manhã, Anonymous c said...

A mistura de sentimentos e/ou acontecimentos tão díspares, reflectem um pouco deste nosso dia-a-dia.

Não por nossa culpa, claro!

Talvez por isso e felizmente, ambos acabem por ser lindos (principalmente para quem não recebes os "cocos" na cabeça) e passem a reflectir então a harmonia vivida, até no que possa parecer menos bom, como é o caso de "violência no leito" (durante o son(h)o.

Bj

 
At 10/5/06 10:05 da manhã, Blogger greentea said...

há sempre imagens para nos fazer pensar, sentir, o dia a dia e apercebermo-nos do que já não damos conta...porque a vida "é uma experiencia de caminho, cheia de esforço e ternura, uma aventura cheia de surpresas mas aberta principalmente à grande surpresa divina que vem sempre de modo novo em nossas vidas, todos os dias das nossas vidas"

um beijo para ti, por teres partilhado connosco esta "aventura"

 
At 10/5/06 11:27 da manhã, Blogger SIPO said...

normalmente sou acusada desse tipo de 'ira' nocturna... diverti-me a ler o teu post

 
At 10/5/06 12:04 da tarde, Blogger a lice said...

Sonho/pesadelo ou realidade?

Beijinhos.

 
At 10/5/06 1:10 da tarde, Blogger Fora Das Mãos said...

Olá 125_azul texto bonito por aqui. 4 da manhã estava eu a tentar acalmar um gatito que estranha esta coisa das obras e mia imenso...
respondendo à sua questão:não tem terraço... tem o céu como fundo, é um 3ºe último andar, sem elevador... e ficou um espaço mesmo bonito, após remodelação total.No "Email me" temos forma de conversar sobre isso, se estiver mesmo interessada.

 
At 10/5/06 1:44 da tarde, Blogger boleia said...

mulher gosta é apanhar beijinhos...
adoro quando me recordo dos meus sonhos!

 
At 10/5/06 2:01 da tarde, Blogger Bajoulo said...

“Ninguém deseja ajudar os outros, bem pelo contrário, as pessoas apenas desejam dominar e aumentar o seu próprio poder”. – Quitéria Barbuda

www.riapa.pt.to

 
At 10/5/06 4:11 da tarde, Blogger espumante said...

Para quem tem a mania que os outros é que escrevem bem, este texto é um dsmentido formal. A não ser que estejas a sonhar... a não ser que estejas acordada e a querer sonhar... a não ser que...
:))
beijinho

 
At 10/5/06 5:29 da tarde, Blogger sa.ra said...

há uma teoria de que a mulher gosta de apanhar... teoria oca... de triste ignorância...

uma vez assisti a um conferência da APAV, com um parceiro internacional de peso, cujo nome não lembro... mas lembri disso... dessa teoria...

lembro de ouvir os especialistas desmontá-la... como quem explica a Símdrome de Estocolmo... quando o refém se "envolve" com o sequestrador... e depois não quer... não é capaz de largá-lo...

a mulher não gosta nada de apanhar, nem de ter medo, mas tem...

o mundo sabe pouco, julga depressa, ligeirinho...

este texto está muito bonito. comoveu-me!

beijinhos!
um dia feliz!

 
At 10/5/06 6:02 da tarde, Blogger Out of Time said...

Sobre o texto é uma coisa muito pessoal e muito bem escrita. A violência é uma coisa muito estranha a qual nem gosto de comentar, agora em pesadelos é divertido "apanhar", só dá para rir. Quanto á pintura gostei muito, confirma-me se é Chagal. Ele foi amantissimo da mulher e tem quadros lindos em seu louvor, adorei.

 
At 10/5/06 8:00 da tarde, Blogger Sinapse said...

Um texto muito bonito sobre sonhos feitos realidade, e pesadelos que acabam bem!

Beijinhos, sorridentes!
Sinapse

 
At 10/5/06 8:31 da tarde, Blogger 125_azul said...

Espumante: qual escrever bem, foi dos murros na mona! bjo

Out of time: Chagal, oh yesssssss!




Obs: não pretendi brincar com o tema da violência doméstica, que nem é coisa para se pensar em aligeirar. Só quis partilhar uma sequência inusitada de acontecimentos que me enterneceram e me fizeram sorrir.

 
At 10/5/06 8:33 da tarde, Blogger Folha de Chá said...

:) Deus tem muito sentido de humor. Ás vezes escapa-me, mas existe. :)

 
At 10/5/06 10:45 da tarde, Blogger Tongzhi said...

Bem engraçado :)

 
At 10/5/06 10:48 da tarde, Blogger dakidali said...

DEus tem sentido de humor, às vezes ri-se é sozinho.
Belo texto.
Beijinhos

 
At 10/5/06 10:59 da tarde, Blogger cuco said...

:-)
________
Fraternalmente

 
At 10/5/06 11:39 da tarde, Blogger Caracolinha said...

Pois ora aqui está um texto que nos faz passar por vários estados emocionais ... a prova de que a brincar se podem falar de coisas sérias ... é deus tem muito sentido de humor, mas deus é homem né ? e não perceberá certamente nada destas coisas que são muito nossas, muitas coisas que temos ainda para conquistar, o muito que algumas calam e sofrem em silêncio, infelizmente, porque não lhes resta outra alternativa ... mas que bom quando tudo não passa de um sonho, assim todas se pudessem deitar e acordar a rir de um sonho mau em vez de viverem num contante pesadelo ....

Nem imaginas o que adorei o teu conmentário lá na casquinha .... sabes que já muita gente me disse que cada vez que vê à frente um prato de caracóis se lembra de mim e por vezes nem os consegue comer ??

Acho isso o máximo ... também deixei de ser capaz ... vá-se lá saber porquê !!??

Beijoca encaracolada !!!!

 
At 10/5/06 11:55 da tarde, Blogger papoilasaltitante said...

Adorei o texto... muito muito mesmo!!!
Que todos os sonhos/ pesadelos acabassem dessa forma é o desejo toda a gente.
Beijocas

 
At 11/5/06 4:27 da manhã, Blogger UrsaM said...

Adorei escutar esta história do dia e noite amorosos de vocês.
Este companheirismo é tudo que fica para sempre...
bj. de Dinda feliz.

Desculpe também usar este espaço mas preciso avisar que meu blog entrou em colapso total assim que acabei a postagem de hoje. Vou tentar amanhã saber quem o socou fora da blogosfera!

 
At 16/3/07 8:20 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Excellent, love it! here

 

Enviar um comentário

<< Home