sexta-feira, junho 30, 2006

A "essência" do Macho


Ah pois, Macho com maiúscula, porque os pobres já andam suficientemente desmoralizados!

Nas últimas décadas, só os homens muito bem resolvidos, seguros e serenos, conseguiram posicionar-se numa sociedade que a cada momento lhes cobrava novas posturas, obrigando-os a expressar ao mesmo tempo virilidade, ternura e romantismo, tendo ainda que ser ombro amigo, provedor, pai participante e parceiro sexual activo e eficaz.

Só nos últimos 10 anos, já foram classificados como metrossexuais (e alguns ainda hoje não sabem bem o que isso é), emoboy (de emotivo), ubersexual (um pouco mais macho mas ainda sensível e doce).

Como se enquadram? Como sobrevivem? Oraganizando-se! Volta e meia aparecem movimentos que tentam reabilitar a essência da masculinidade perdida. Algo do género "a revolta dos Machos".

E fazem-no através de valores como força, protecção e coragem. Ás vezes. Outras vezes, nossos machos ressurgidos (ou estes nunca morreram?) reafirmam-se através do famoso murro na mesa e palito na boca. Arroto a cerveja e barba mal feita.

O que seja, que cada um sabe de si.

Lanço aqui um desafio. Digam lá qual é para vós a "essência" do Macho. Prometo que publico a lista depois, criando com as vossas sugestões uma espécie de Manual de conduta para Machos. Só para os que andam confusos...

Abro as hostilidades, se me permitem, com duas pequenas sugestões:

1- Homem que honra as calças que veste não dá alcunha aos seus órgãos genitais. Nem permite que a namorada/mulher/amante o faça. Era só o que faltava!

2- Homem solteiro não tem gato como animal de estimação. Aliás, não tem animal de estimação.

Sugestão para os cavalheiros que me visitam: façam o "teste da masculinidade" em www.veja.com.br . Depois, conforme o resultado, partilhem. Aqui, na roda de amigos amanhã, mas antes do jogo, por motivos óbvios, segunda-feira no escritório. Se o resultado for francamente favorável, imprimam, dobrem, guardem na carteira. Pode dar jeito num primeiro encontro!

Desejo-vos um maravilhoso fim de semana. E boa sorte para o(s) jogo(s)!

18 Comments:

At 30/6/06 8:23 da tarde, Anonymous c said...

O kékéisso de Macho?

Inspirada no último fim de semana e naquela amostar de macho Alentejano?

Nem me atrevo a fazer o dito teste, porque afinal essa coisa de macho, lá na terrinha dos meus queridos papás, era qualquer coisa que ficava entre o Burro e o Cavalo.
(Lembram-se do: Arre Macho!!!)

Tipo Mula (e há praí algumas), que ficaria entre a Burra e a Égua.

Mesmo assim, bute lá botar faladura sobre o tema!

Se necessário for, vivam os "Machos Portugas", se assim tiverem de ser apelidados, para amanhã ganharem aos "Sir´s" de sua magestade.

 
At 30/6/06 9:01 da tarde, Blogger BFC said...

gostei do teu post. Normalmente gozo bastante com o que chamas de macho e divirto-me só de pensar nas tristes figuras, mas realmente nunca me debrucei a pensar o que é efectivamente um macho e aqui entre nós acho que nem eles o sabem, apenas fazem aquilo que certa sociedade os manda fazer e eles seguem o código à risca. Quanto às alcunhas que nos põem, metrossexual, emoboy ou mesmo gay, prefiro uma mais simples: homem. Bom fim de semana.

 
At 30/6/06 9:26 da tarde, Blogger Carlos Malmoro said...

«homem que é homem não responde a questionário»

PS: acabaste agora mesmo de escrever três comentários lá no estaminé. Foi engraçado imaginar.te a pensar no que haverias de escrever. E, claro, de conferir o resultado.

 
At 30/6/06 10:59 da tarde, Blogger Mãe do Outro Mundo said...

Acho que gaijo que é gaijo não se preocupa com o que os outros pensam de si.

Macho que se preze sabe sempre o caminho e sabe sempre arranjar tudo lá em casa. Mesmo que para isso dê consigo em Stutgard quando saiu de Oeiras para ir a Cascais ou transforme a casa numa piscina quando tenta arranjar a canalização.

 
At 1/7/06 12:06 da manhã, Blogger 125_azul said...

Esqueci-me de dizer qual é o código para poderem entrar na págino do teste: Abel Figueiredo.
Vá lá, animem-se, façam, peçam aos namorados que façam...

 
At 1/7/06 10:24 da manhã, Blogger Carlota said...

Tu inventas cada coisa mais complicada!:)
Mas fizeste-me lembrar uma história de uma empregada que tive há uns anos aqui em Bruxelas, que ficou impressionada com uma pequena mesa-de-apoio que eu tinha ao lado do sofá. Quando a viu, perguntou-me onde eu a tinha arranjado porque gostava de arranjar uma para ela. Explicou porquê: - Assim, o meu marido já pode ter um sítio para pousar a lata da cerveja quando está deitado no sofá. E vai parar de me chamar quando se esquece da lata em cima da televisão!...
Queres mais macho do que isto? :D
Beijola.

 
At 1/7/06 11:15 da manhã, Blogger MARTA said...

Abriste mesmo as hostilidades!
Conheço um "Macho" que amua, como um catraio, se as coisas não são feitas como ele quer. Pode ofender os outros, mas os outros têm que o venerar. Não sei bem em que categoria o encaixaria.
Homem que é homem respeita-se a si própria e aos outros. Não precisa de se esconder atrás de alcunhas ou fazer demonstrações de força.
Minha modesta opinião!
Obrigada pela visita e aparece por lá para falarmos.
Beijos e abraços
Marta

 
At 1/7/06 12:09 da tarde, Blogger planaltobie said...

O "macho" geralmente quando encontra um Homem dá sinais: mexe-se, abana a cauda, grunhe baixinho...
É cobardolas, mostra coragem quando bebe, cresce para as mulheres, ameaça-as...
No Brasil parece que se chamam Abeis Figueiredos.
Mas acho que no fundo são pobres diabos, fruto dos estereotipos que continuam a servir de modelo aos jovens.

 
At 1/7/06 2:01 da tarde, Blogger Susanyttah said...

Homem que é homem não precisa de andar a gritar aos 4 ventos que o é. Sabe-o e pronto!

 
At 1/7/06 2:44 da tarde, Blogger Tons Pastel said...

passei gostei e vou voltar. gosto de provocações.
beijo

 
At 1/7/06 3:39 da tarde, Anonymous RHÔ said...

Ah...,aqui no Brasil isso é muito fácil de encontrar. Seguem algumas:
Macho que é macho :
...usa palavrão sempre que é desnecessário,
...não deixa que ninguém o veja bebendo água. E se isso acontecer, diz que é cachaça,
...arrota ao ver outro de sua espécie para delimitar seu território;
...não usa camiseta sem manga, a não ser para jogar basquete,
...não gosta de canapés, de cebolinhas em conserva ou de qualquer outra coisa que leve menos de 30 segundos para mastigar e engolir,
...só senta de perna aberta, pois tem orgulho do que Deus lhe deu,
...não come mel, chupa a abelha.

Bjs.

 
At 1/7/06 8:24 da tarde, Blogger a lice said...

Este post está absolutamente delicioso!:)

Vou pedir a uma certa pessoa que faça o teste...:))

Bom fim-de-semana!:)

 
At 1/7/06 11:25 da tarde, Blogger UrsaM said...

Acho que os melhores exemplares masculinos apenas sabem-se seres Humanos e ponto!
Mas,estou de acordo com planaltobie, o medo, quase terror que alguns têm quando se aproxima algum homem com um tanto de feminino, é muito engraçado de se ver! coitadinhos...
Não consegui acessar o teste. Por aqui te pedem códigos e inscrições etc... desanimei!

 
At 1/7/06 11:34 da tarde, Blogger Madalena said...

E a sorte chegou mesmo Azulinha!!!!! beijinhos

 
At 2/7/06 7:52 da tarde, Blogger Su said...

:)
nem me fales!
aqui em casa anda conversa afiada sobre a ditadura chauvinista q ultimamente s anda a infiltrar-me pelos olhos a dentro!
nem me fales!

 
At 7/7/06 5:24 da tarde, Blogger Anaoj said...

Macho que é macho tem de saber o que é um fora-de-jogo.

Macho que é macho tem de ter uma Playstation.

Macho que é macho tem de saber consertar uma torneira a pingar. Ou pelo menos saber mexer o suficiente para dar a entender que sabe o que está a fazer.

Macho que é macho conversa sobre gajas e futebol com outros machos.

Macho que é macho tem de saber o que é um macho.

 
At 21/7/06 12:39 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Greets to the webmaster of this wonderful site. Keep working. Thank you.
»

 
At 23/7/06 9:37 da manhã, Anonymous Anónimo said...

I find some information here.

 

Enviar um comentário

<< Home