quarta-feira, julho 12, 2006

Canto em qualquer Canto


Os fabulosos olhos, o corpo, o jogo ombros-quadris e a voz... a suprema voz maravilhosa que atinge oito oitavas e nos entra na alma!

Os cabelos rareiam mais e mais, os que sobram estão já completamente prateados; a testa enrugada mostra que já entrou há tempos nos sessenta.

Vestido de negro, acompanhado por quatro cordas (Pedro Jóia cada vez mais fantástico no seu alaúde), voz e luz, mais nada.

Mais nada era preciso. Ele canta em qualquer canto. Solta a voz e pendura estrelas nos nossos sorrisos, instala-se nos nossos corações; a voz começa murmurada e o sussurro sobe e ecoa dentro de nós.

Pergunto-me por quanto tempo mais assim será. Como eu, também ele está a envelhecer. A chegar aos 70. Já não é o menino que usava saias de ráfia e pintava o rosto do tempo dos Secos & Molhados; foi-se desnudando de máscaras, assumindo e encarando a timidez, escancarando-se...

Só a voz permanece igual, deslumbrante, magnífica.

Ney, que canta em qualquer canto. Do que me apercebi, eu, a Pitucha, a Madalena, Dakidali, a mãe da Caracolinha, a Sinapse, e mais uns quantos não nos importaríamos que ele cantasse em cima da nossa mesa de cabeceira, para nos ninar...

Este post é para quem me leu ontem e pediu esta partilha.

27 Comments:

At 12/7/06 1:15 da tarde, Blogger Sinapse said...

Querida Azulita!! O Ney contado com as tuas palavras é maravilhoso!

Beijinhos,
Sinapse

 
At 12/7/06 1:58 da tarde, Blogger Su said...

Conheci o Ney, quando ainda era uma bem pequininha, a minha mãe adorava-o, acho que gostei dele logo á primeira, tem musicas, tem letras de musicas que até hoje n me saiem da memória.

Depois de ler os teus ultimos textos, decidi-me vou comprar o cd dele!

Bjuu

 
At 12/7/06 2:11 da tarde, Blogger The City Lights said...

Ola 125,
eu Amo este Sr,
bessos

 
At 12/7/06 2:17 da tarde, Blogger anamoris said...

Já sabia que hoje o post ia ser encantador, obrigada.
Beijos

 
At 12/7/06 2:22 da tarde, Blogger Carlota said...

Tenho um disco do Ney Matogrosso que ouço vezes sem conta. Adoro!

 
At 12/7/06 3:28 da tarde, Blogger Barão da Tróia II said...

Obrigado.

 
At 12/7/06 3:28 da tarde, Blogger Barão da Tróia II said...

Obrigado.

 
At 12/7/06 4:16 da tarde, Blogger Aragana said...

Eu adoro o Ney Matogrosso

 
At 12/7/06 4:18 da tarde, Blogger boleia said...

nunca fui grande fa, mas confesso que me entusiasmaste...
beijinho

 
At 12/7/06 4:56 da tarde, Blogger Ck in UK said...

q inveja! q saudades de musica brasileira. hoje vou ver o billy joel, mas nao e a mm coisa! aqui falta musica brasileira...

 
At 12/7/06 6:29 da tarde, Blogger Caracolinha said...

Minha querida, tu és realmente uma pessoa muito especial, muito linda ... tão cheia ... olha pelo relato empolgado imagino que foi daquelas noites que ficam gravadas na memória como as pinturas rupestres nas rochas ... !!!!

Ainda bem que vivenciaste tudo com essa intensidade ... são estes momentos que fazem a nossa vida tão especial ...

Em nome da minha linda Mãe, agradeço o carinho das tuas palavras ... é tal e qual como dizes, ela não se importaria mesmo nada com isso ... a filha também o adora ... mas a minha Mãe ... olha ainda me lembro de ser adolescente e de ela a a minha tia estarem eufóricas porque iam vê-lo ao Coliseu em Lisboa ... !!!!

Beijoquinha encaracolada e um abraço apertadinho minha linda !!

 
At 12/7/06 7:28 da tarde, Blogger Ana said...

Não conheço muito bem a obra de Ney, mas deixaste-me curiosa. Eu gosto tanto de música brasileira que vou pesquisar!

Beijinhos

 
At 12/7/06 8:46 da tarde, Blogger Mocho Falante said...

Olha desta vez perdi pelos vistos um concerto magnifico...

O Grande Ney no seu melhor (como sempre) já estou a ver que perdi um momento mágico...cantou ao menos a Rosa de Hiroshima?

Beijocas

 
At 12/7/06 9:12 da tarde, Anonymous Nes said...

E se alguém não ama, passa a ter vontade a ouvi-lo não é?

Besito

 
At 12/7/06 10:46 da tarde, Blogger amigona said...

Como o descreves bem... ele é um espanto!

 
At 12/7/06 11:37 da tarde, Blogger Mãe do Outro Mundo said...

Amor, amor e mais amor, é o que deixas transparecer.

 
At 13/7/06 12:47 da manhã, Blogger dakidali said...

Não me importava nada. É das coisas mais ruins que tem viver aqui na "Província", quando acontecem destas coisas durante a semana é impossível ir ver.
Ainda bem que gostaste e sei que levaste um pouquinho de nós contigo.
Beijinhos

 
At 13/7/06 12:49 da manhã, Blogger planaltobie said...

Também gosto muito, sim senhor.
E tu sabes dizer melhor que ninguém quem é esse seco e molhado homem!

 
At 13/7/06 6:14 da manhã, Blogger UrsaM said...

Ele é bem como o descreves. Acho que ele gostaria muito de ler este teu post. Quem sabe chega até lá?
mas sabe que, não faz muito tempo, o assisti no canecão, cheio de plumas e brilhos e, embora a idade, nada lhe cai mal pois tem carisma e, não se excede!
Que bom saber que tiveste uma bela noite!

 
At 13/7/06 8:23 da manhã, Blogger Pitucha said...

Inveja pura, límpida! Com a voz do Ney, como o teu post. Mas inveja na mesma...
;-)
Beijos

 
At 13/7/06 4:08 da tarde, Blogger Silver said...

Olarés. Esse homem é um fascínio.
Bjinhes

 
At 21/7/06 12:39 da tarde, Anonymous Anónimo said...

What a great site, how do you build such a cool site, its excellent.
»

 
At 23/7/06 9:37 da manhã, Anonymous Anónimo said...

I find some information here.

 
At 8/8/06 12:36 da manhã, Anonymous Anónimo said...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it
» »

 
At 8/8/06 4:46 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Here are some links that I believe will be interested

 
At 12/8/06 7:18 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
»

 
At 17/8/06 12:45 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Interesting site. Useful information. Bookmarked.
»

 

Enviar um comentário

<< Home