quarta-feira, maio 31, 2006

Norma Jean


Amanhã, dia 01 de Junho, a morena que ficou conhecida como a mais famosa loira de sempre, faria 80 anos.

Todos sabem quase tudo sobre a "vela" que segundo Sir Elton John "apagou cedo demais".

Que cresceu pobre e desamada por uma mãe transtornada e de fama duvidosa; que esperou o marido ir para a guerra para virar loura, despir-se para fotos de um calendário, despachar este marido e arranjar uma sequência de outros.

Que terá sido amante de dois dos manos Kennedy e talvez tenha sido assassinada. Ou suicidou-se com uma dose excessiva de barbitúricos.

E cantou os mais famosos "parabéns a você", deixou que o vento lhe levantasse as saias, era depressiva e fez uma quantidade impressionante de besteiras.

Mas como seria Marilyn hoje, com 80 anos?

Teria envelhecido doce e serena? Estaria gorda, plastificada, enrugada, alcoólica???

Alguém a amaria, finalmente? Será possível amar uma Marilyn? Saberia ela o que desejar do amor? Saberia ela amar?

Talvez, afinal, a vela não se tenha apagado cedo demais. Talvez, a bem do mito, para alguns, o engrandecimento venha mesmo com a morte precoce.

Porque o envelhecimento, para quem vive da imagem e do corpo, não traz glória...

32 Comments:

At 31/5/06 10:23 da manhã, Anonymous Anónimo said...

É isso mesmo!
Há que morrer cedo para virar heroi e ser um cadáver bonito.... tipo James Dean....
Prefiro morrer velha e cheia de rugas... de rir muito!
Beijos da amiga Loura que tem muitas saudades vossas

 
At 31/5/06 11:18 da manhã, Blogger Ana said...

Eu também concordo: não me consigo lembrar de nenhum grande mito que não tenha morrido jovem. Acho aliás que se tivessem vivido o suficiente para envelhecer e ter rugas não seriam mito. Como já foi dito o James Dean, por exemplo, fez pouquíssimos filmes. De que é se lembram quando se fala no seu nome? De que era um rebelde e morreu jovem num acidente de automóvel por conduzir depressa demais!

Beijijnhos

 
At 31/5/06 12:04 da tarde, Blogger Tongzhi said...

Mas muitas vezes nestes mitos não se consegue bem separar onde acaba a realidade e começa o marketing... é que mito "jovem" vende muito e há que alimentar essa chama!

 
At 31/5/06 12:25 da tarde, Blogger Blossom said...

Eu acho que se a senhora fosse viva, era uma múmia plástica, que passaria a vida de cigarro no canto da boca e a cair de bêbeda, gorda que nem uma vaca e com um humor de cão...a julgar pelo que ela foi enquanto jovem, não iria envelhecer de outra forma!

 
At 31/5/06 12:31 da tarde, Blogger Lídia Amorim said...

sim todos os mitos morreram jovens, mas só se poderiam tornado mitos assim mesmo, com a morte precoce... hj decerto marylin seria uma lili caneças... ou então não! eheh marylin.. gostava de a ter conhecido..era uma doida (ao que dizem) mas concerteza alguém k vivia armagurada, por algo do passado, ou até mesmo do presente... nao da para imaginar.. beijokas* este foi um lembrete que me pôs a pensar...ups! keimei uns cabelitos, ui ui mais uns...

 
At 31/5/06 12:50 da tarde, Blogger Lídia Amorim said...

vá... assim a falar dessa forma pa mim, magoas-me... vou xorar.. mtmtmtmt! hummmm n ralhes cmg..

 
At 31/5/06 1:15 da tarde, Blogger greentea said...

foi o que lhe transmitiram e era assim que ela sabia amar ou desamar...

para não se ver rever com 50, 60 ou 80 anos acabou assim mesmo, para não sofrer mais.

os kennedys acabaram por morrer assassinados, Jacky morreu cancerosa depois dos seus amores com Onassis e o john kennedy jr tb morreu de desastre de avião...
todos envolvidos na mesma teia!!
Dá que pensar.

 
At 31/5/06 1:49 da tarde, Blogger boleia said...

I guess we'll never know...
Mas que da pensar, la isso da!

 
At 31/5/06 2:01 da tarde, Blogger MARTA said...

Mas isso também acontece a quem não vive da fama e do mito!
Talvez seja mais patente por estarem na ribalta! Isto exige uma análise profunda - é um desafio!
Obrigada por o lançares!
Obrigada também pela visita ao meu blog.
Deixei lá novo texto - vai lá, ok?
Um abraço
Marta

 
At 31/5/06 2:09 da tarde, Blogger a lice said...

Tentei imaginá-la e dei por mim a sorrir...:)

Beijinhos.

 
At 31/5/06 2:21 da tarde, Anonymous Meiguinha said...

Pois, se calhar, seria tudo como diz.

Mas veja, no caso de uma boa actriz, pode envelhecer e ficar menos bonita, mas continuamos e deliciar-nos com o seu trabalho.

Quem sabe se a Marylin teria futuro?

Está nelhor?

Beijinhos.

 
At 31/5/06 2:22 da tarde, Blogger Gorduchita said...

O envelhecimento é o que fazemos dele.
E Norma Jean, como qualquer outra pessoa, se tivesse tido oportunidade, poderia tê-lo encarado de forma positiva!

 
At 31/5/06 2:23 da tarde, Anonymous Meiguinha said...

Queria dizer "melhor".

 
At 31/5/06 3:20 da tarde, Blogger planaltobie said...

Já tenho reflectido sobre os suicídios... muito jovem pensava que eram os intelectuais com problemas existenciais. Fui mudando a opinião e hoje não considero que haja uma sociologia do suicídio, pois há no campo, na planície, nos cultos e nas loiras burras.
Esta compreensão autoriza-me a amar essa velha plastificada, ridícula, que não sabe onde fica Portchiugal, mas que não chegou a dizê-lo porque morreu nova.

 
At 31/5/06 5:29 da tarde, Blogger SIPO said...

Envelhecer com glória, apesar das rugas, deve ser algo manifestamente mais belo! Acho que a M.Monroe iria perder metade do seu tempo nas clínicas de cirurgia plástica!

 
At 31/5/06 5:47 da tarde, Blogger espumante said...

No fundo, no fundo, tudo o que dizes é verdade. Brigitte Bardot é um bom exemplo do que digo, foi bela, sensual, amada, desejada, feita mito por maridos, amantes e idólatras e hoje poucos saberão sequer que ela é viva. Porque está velha, relha e engelhada? Poderá não ser só por isso, mas isso contribui com certeza para o seu apagamento. A vida é má, é dura e se a beleza foi cantada pela natureza, os homens continuam a cantao o glamour. Beleza e glamour são, porém e infelizmente, efémeros.
Beijinho e espero que estejas de melhor humor.
:)

 
At 31/5/06 7:07 da tarde, Blogger papoilasaltitante said...

Foi uma pobre infeliz!!!!
Bjs
:)))))))))))))

 
At 31/5/06 7:07 da tarde, Blogger Ck in UK said...

Sou fa. E tenho o cd dos parabens. Vi os filmes qse todos. Mas acho q parte do mito se deve a morte tao precoce. Tal como o James Dean e outros que tal. Ja reparaste que nao ha Mitos vivos?

e que as loiras mais famosas do Mundo nao eram loiras?????

 
At 31/5/06 8:08 da tarde, Blogger Sinapse said...

... pano para mangas ...

Talvez ... se ... what if ... interrogações, condicionais, conjecturas ...

 
At 31/5/06 8:39 da tarde, Blogger Pitucha said...

Ficará para sempre bela na nossa memória. Só porque morreu cedo demais!
Beijos

 
At 31/5/06 8:59 da tarde, Blogger Carlos Malmoro said...

Talvez se olharmos para a Elisabeth Taylor encontremos umas poucas respostas...ou talvez não...
Como diz Pessoa: o mito é o nada que é tudo
Bjs

 
At 31/5/06 10:17 da tarde, Blogger refugiada said...

A manutenção da fama a quanto a obrigou...talvez isso tudo tenha mesmo sido obra do destino que já sabia que só poderia culminar com essa morte precoce...é a tragédia mítica do ideal de beleza...
Para sempre eterna, e bela

De passagem, mas gostei do local
Cumprimentos!!

 
At 31/5/06 11:35 da tarde, Blogger Mocho Falante said...

A fantastica Norma era de facto uma grandes Diva, e como todas as Divas não teve uma vida fácil

beijocas doces

 
At 31/5/06 11:39 da tarde, Blogger EuMulher said...

Bom... realmente não adianta muito ficar nos "ses". Todos nós vamos mudando ao longo da vida e uns secalhar até conseguem fazer reviravoltas incriveis com a aprendizagem que vão tendo. Mas, na minha maneira de encarar a vida eu penso que "partimos" quando temos realmente que partir.E é bom que pelo menos nessa altura tenhamos a sorte de pensar que deixamos algo bom para trás. Que conseguimos construir alguma coisa, deixar o nosso contributo. Sentimento de :missão cumprida!Gostei de passar por aqui... beijinhos

 
At 1/6/06 12:23 da manhã, Blogger canela_e_jasmim said...

"Os mortos não envelhecem"

È o que penso também. Um mito , regra geral morre em plena mocidade, no auge da vida.
Beijos
C.

 
At 1/6/06 5:39 da manhã, Blogger UrsaM said...

Greta Garbo foi linda, boa atriz, um mito e soube quando se retirar.
Continuou linda sem ter morrido cedo. Brigitte está ai com sua vida a serviço de uma causa que ama, os animais.
Quando se sabe envelhecer aprende-se a não julgar o que não se tem condições de saber!
Marilin loura ou não, burra ou não, drogada ou não ainda está viva tanto é que se perde tempo a falar dela.

 
At 1/6/06 9:41 da manhã, Anonymous C said...

Muito bem, Dinda!

Na realidade, talvez por ter morrido naquele estado, seja tão falada e ainda muito vista (num Museu de cera).

Mas que dizer de uma Lili Caneças ou do "apendice financeiro" do Castelo Branco, cá da nossa sociedade?

Nem morrendo cedo se safavam...KREDO!

 
At 1/6/06 1:53 da tarde, Blogger Cãocompulgas said...

A Norma Jean seria de certeza infelicíssima com a sua velhice; há imagens q se colam à pele.. e Marilyn colou-se-lhe. Por incrível q pareça, foi melhor ter morrido enquanto era a que se recorda.

 
At 11/6/06 2:56 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Hmm I love the idea behind this website, very unique.
»

 
At 21/7/06 12:39 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»

 
At 23/7/06 9:37 da manhã, Anonymous Anónimo said...

I find some information here.

 
At 6/3/07 7:03 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Very nice site! » »

 

Enviar um comentário

<< Home