sábado, novembro 11, 2006

O gajo do Norte


ProntoSSSSS! Fui lá, ao Pavilhão Atlântico, trocar os Vês pelos Bês. Fui e gostei. Muito.

Eu sei que já perceberam que a música que me move é mais a dos gajos do sul. Do sul do equador, dos da língua portuguesa com açúcar.

Eles embalaram a minha adolescência e início de adultícia .

Mas o Rui, com seus Mingos e Samurais, foi banda sonora da minha chegada Portugal. Eu não conhecia o Chico Fininho e pouca afinidade tenho com outros músicos portugueses. Nem conhecia a música que dá nome ao meu blog, até a fadinha dos blogs ter decidido que era o nome certo para ele.

O Rui, conheci primeiro como namorado, depois noivo, marido, ex-marido, marido outra vez da minha colega psicóloga que conhecem das revistas. Só depois descobri que ele era o "pai" dos Mingos; era ele que rasgava calças e coração para subir a uma àrvore só para ver a menina nua, era ele que pintava a adolescência como a fase em que não há estrelas no céu, a dourar o nosso caminho.

A cantar e a celebrar os 25 anos dele, lá estava a homenagem ao Tê; no palco, o João Gil,o Tim, o Vitorino, o Jorge Palma, meu compadre (somos padrinhos de casamento de um amigo comum), a Mariza e mais e mais...

Três horas a trocar os Vês pelos Bês, Pavilhão cheio. É obra!

Lá pelo meio, o Vitorino apresenta o percussionista. Desta maneira: "...André, uma rapaz da zona norte: carioca, do Rio de Janeiro".

ProntoSSSS. Já disse...

26 Comments:

At 11/11/06 10:21 da manhã, Blogger chuvamiudinha said...

Tu não páras! Sempre a abanar o capacete. Vem ao meu guarda-chuva que tenho um café quentinho para te oferecer. Bom fim de semana.

 
At 11/11/06 1:19 da tarde, Blogger Maçã de Junho said...

Agenda artística do mestre Jorge Palma actualizada em www.bloguepalmaniaco.blogspot.com
newsletter/informações: contactar ladoerradodanoite@hotmail.com

 
At 11/11/06 4:20 da tarde, Blogger dakidali said...

Também queria tanto ir! Mas não se pode ir a tudo. No domingo vou ver os "The Gift". Espero poder ir aos 50 anos do Rui Veloso.
Ainda bem que foi bom , nem se podia esperar outra coisa.
Beijinhos

 
At 11/11/06 7:25 da tarde, Blogger pitanga said...

...isto não é pra qualquer um. Rui Veloso? Ninguém canta o Porto como ele.

beijinhos ( minha avó diria que és uma galdéria e que andas sempre na galderice)hehehe

 
At 11/11/06 9:13 da tarde, Blogger Ida said...

Que inveja dona Arara! Nem podes imaginar quanta. Sö o vi uma vez, no Canecão, há anos, em um Festival do Vinho do Porto, quando ainda havia alguns portugueses que vinham cá cantar. Mas, pelos vistos, eles se cansaram de só ser aplaudidos por meia-dúzia de fanáticos. Culpa de uma coisa imbecil que ainda anda nas cabeças e nas artes de quem divulga e produz shows de música neste Sulbúrbio. Por acaso a menina sabe, já q é tão bem relacionada, pq só os daqui vão para ai e tocam nas rádios e em todo lado e os daí nunca vêm e nem têm mesmo muito público? Tá, excluam-se os Madredeus, a Mísia e um qualquer outro nome que nao me ocorre agora. Queria mesmo saber. E me rasgava toda por ver a homenagem com o Tim e os outros. Esse tb vi uma vez no Hard Club, que a menina não deve conhecer, pois não anda à beira Douro...:)) Por favor, continua nos proporcionando esta brecha de voyeurismo para o teu divertimento... Abraço!

 
At 12/11/06 12:55 da manhã, Blogger Madalena said...

Prontos, eu também te digo, Azulinha que gosto muito, mesmo muito de ouvir o Rui Veloso. Tá dito!
Beijinhos

 
At 12/11/06 6:55 da manhã, Blogger UrsaM said...

Não entendi quase nada e nem conheço o moço mas pelo jeito dos comentários e de seu gostar deve ser bom!
Por mim, basta ter um pouco do sotaque lusitano e, já me ganha!
Agora, gosto mesmo é de te saber curtindo a vida e feliz!
Não consegui ainda, estar com o carcamano. Chego lá. E, como foi a festa da pequena? beijo, querida.

 
At 12/11/06 8:33 da manhã, Blogger AEnima said...

Pois eu nem acreditaria que es brasileira! E sim... eu sou portuguesinha de sangue mas praticamente criada por brasileiros em Portugal :) Ha outros portugueses que valem a pena o teu tempinho precioso, como por exemplo, os trovante, pais do teu lindo nome, e para mim muito mais interessante ainda e o Sergio Godinho. O rui reininho tambem e do norte. Tem letras de musicas lindas mas nao gosto nada da musica, sou franca, mesmo com a pronuncia do norte.

Com um brilhozinho nos olhos guardei um amigo que e coisa que vale milhoes...

Beijoca

 
At 12/11/06 11:55 da manhã, Blogger planaltobie said...

O que eu gosto mesmo são das letras, carago!
Aquela do "Jardel saltar mais alto que os defesas..." é à Tê!

 
At 12/11/06 12:30 da tarde, Anonymous Nes said...

Foi certamente um momento único. Pela música e por tudo o que ela carrega. Guarda-o num cantinho especial. :)

Beso

 
At 12/11/06 2:03 da tarde, Blogger Mãe do Outro Mundo said...

Sempre gostei de Rui Veloso. Mas depois que o Rafa nasceu, ganhou uma nova dimensão: o fedelho quando era só fedelhinho só adormecia ao som de Rui Veloso. Ainda hoje se lhe canto (quase um crime) a Paixão ou o Prometido é devido fica a piscar os olhitos.

 
At 12/11/06 4:34 da tarde, Blogger melga meiguinha said...

Olá querida arara,

Por este andar o Miguel quando nascer em vez dos soninhos descansados vai mas é querer ir abanar o capacete.
Depois não se queixe porque foi a mamã que o habituou.

Um xi muito apertadinho.

 
At 12/11/06 5:53 da tarde, Blogger Sinapse said...

Tenho mesmo de comprar um CD do Rui Veloso!!! Conheço e gosto de tantas músicas dele, fazem parte da minha história ... é inacreditável não ter um CD dele!

Qual gostas mais?



Beijinhos,
Sinapse

 
At 12/11/06 7:00 da tarde, Blogger a lice said...

Sou fã do Rui e das letras do Carlos Tê!

Beijinhos de continuação de um bom domingo!;-)

 
At 12/11/06 7:33 da tarde, Blogger boleia said...

o rui traz-me tantas memorias...
e agora lembrei-me de mais uma: da minha terra, onde se trocam os bes pelos ves!
beijos!

 
At 12/11/06 10:56 da tarde, Blogger Carlota said...

Excelente programa, Azulinha!
Cinco estrelas!
Beijola.

 
At 13/11/06 9:32 da manhã, Blogger Barão da Tróia II said...

Também gosto, é das referências de sempre. Boa semana.

 
At 13/11/06 12:07 da tarde, Blogger _+*A Elite in Paris*+_ said...

Ola querida AZUL :) conhecer um artista por outra faceta que a imagem que da ao seu publico é sempre outra coisa, certo?

Beijos para ti :)

Chico Fininho, huhuuuuuuuu

 
At 13/11/06 4:01 da tarde, Blogger SIPO said...

O Beloso é berdadeiro, tão berdadeiro como a sua música! Boa escolha... haja escolha que chegue aí em Lisboa no que respeita a espectáculos, porque isto a Norte é uma desgraça em três actos!

 
At 13/11/06 8:00 da tarde, Blogger Tongzhi said...

Rui Veloso é sempre Rui Veloso!

 
At 13/11/06 10:00 da tarde, Blogger Hindy said...

Gosto muito de Rui Veloso!

Um beijinho "hindyado"! :o)

 
At 13/11/06 10:32 da tarde, Blogger mares-e-maresias said...

Fantástico, o teu post. Também gosto muito do Rui Veloso e conheci-o nessas fases todas.
Beijos

 
At 14/11/06 12:04 da manhã, Blogger Mocho Falante said...

E pronto já deu para notar que foi uma noite em cheio...ainda bem que gostaste

Beijocas

 
At 14/11/06 7:04 da tarde, Blogger Ck in UK said...

debias era ter escrito o post todo como debia ser, trocando os bs pelos bs....

 
At 14/11/06 8:23 da tarde, Blogger Meia Lua said...

hehehehehe, em GRANDE!!!
um espetáculo...
bjinhos

 
At 24/12/06 5:14 da manhã, Anonymous Frederico said...

E pena, esqueceste um dos melhores momentos para mim e para muitas pessoas que ouvi falar no fim do concerto.Pois temos novo poéta e cantor. Jorge Vadio que momento magnifico viva a musica tradicional portuguesa.È uma voz unica e bem tuga.Parabens Ruizinho és o maior.

 

Enviar um comentário

<< Home