segunda-feira, setembro 18, 2006

Bad, mad, sad

Recebi de uma autora que muito admiro, Professora de Filosofia, um texto inédito, intitulado "Bad, bad girls". Desejo que venha a ser livro!

Faz considerações fantásticas em torno da alma feminina. Fala de amor, preconceito, destino, realização.

Descreve a delicadeza das relações no feminino, entre si e com o masculino.

Das lutas e das mulheres que as lutam.

Das mulheres que ardem e criam asas. Das que realizam e das que temem. Das que se remexem inquietas, das que o seu próprio fogo consome...

E eu inquietei-me, reconfirmando o que já suspeitava: as bad, bad girls são infinitamente mais interessantes que as outras. Porque não são realmente "bad", têm muito de anjo, de doçura e pimenta, para além dos seus momentos bruxa, com caldeirões ferventes de imaginação, intuição e patas de galinha. São as que fazem, as que acontecem, as que mudam e que, ao mudar, mudam o mundo com elas.

Percebi que em todas nós impera esta estranha combinação "bad, mad, sad" e é no delicado equilíbrio entre os três que fermenta a essência do feminino. Com mais umas pinceladas disto, daquilo e as hormonas mais as influências da lua...

E em ti, o que arde mais? És bad, mad or sad?

26 Comments:

At 18/9/06 11:55 da manhã, Blogger Mãe do Outro Mundo said...

Minha Linda e Azul 125,

Se não tivéssemos todos os 3 atributos, seríamos verdadeiramente mulheres?

Beijinhos e boa semana

 
At 18/9/06 12:37 da tarde, Blogger Gorduchita said...

Acho q preferia ser uma bad girl mas devo ser uma das outras!

 
At 18/9/06 12:41 da tarde, Blogger Lídia Amorim said...

há quem me considere uma bag girl e eu própria, por vezes também o acho.

Acho que nos tornamos "bad Girls" porque criamos uma barreira á nossa volta que resultou de desilusões na nossa vida...

não deixamos que "abusem" de nós, não passamos muita confiança a quem não queremos, mas cá no fundo temos o coração mais "mole" do mundo, sonhamos com principes e princesas e meninas de trancinhas a passear com meninos de sapatinho, o nosso coração é grande e dentro dele cabem todos que nos rodeam, quando queremos algo lutamos para isso e não nos deixamos levar nas lamúrias,vivemos os amores intensamente e quando nos magoam tornamo-nos "bruxinhas" e queremos vingança, mas no fundo ela não acontece porque apesar de tudo levamos a compreensão acima de tudo, compreendemos, esperamos e desesperamos, somos fortes por fora e sensíveis por dentro**


Bjinhos e uma boa semana!!

 
At 18/9/06 1:04 da tarde, Blogger a lice said...

Sou uma mistura das três!:) E quem não é assim, é porque não é mulher!:)

Beijinhos e uma boa semana!:)

 
At 18/9/06 1:48 da tarde, Blogger MARTA said...

Há dias em que não tenho a certeza de nada; outros em que sou tudo ao mesmo tempo....
Uma sensação tão agradável...ser ao mesmo tempo sedutora, irrequieta, traquina, delicada, dedicada e responsável......
Beijos e abraços
Marta

 
At 18/9/06 2:13 da tarde, Blogger pitanga said...

Estou sempre em ebulição! Ser igual,presivível,certinha não é comigo. Sou densa sem ter tensa! As mulheres boazinhas o tempo todo,ninguém as atura. Ah, e esconder emoções também não faz meu gênero. Se tiver que levantar um pé de vento, tô lá, se tiver que abraçar, também.
beijos e (famos fazer ginástica?)

 
At 18/9/06 2:13 da tarde, Blogger Barão da Tróia II said...

Tá boa essa!

 
At 18/9/06 2:48 da tarde, Blogger lxexpo said...

i've the 3 things........

;))))

mistura explosiva!!!

 
At 18/9/06 2:52 da tarde, Blogger melga meiguinha said...

Parece anedota mas estou confusa com a tradução.

Por isso, se as boas vão para o céu e, as más para toda a parte, eu prefiro ser das más.

Como estão a correr as escolinhas das princesas?

Beijocas.

 
At 18/9/06 3:42 da tarde, Blogger asdrubal tudo bem said...

faz lembrar uma musica fantástica, não me lembro de quem good girls go to even bad girls go every where

 
At 18/9/06 5:39 da tarde, Blogger soniaq said...

All-in-one :)

 
At 18/9/06 8:17 da tarde, Blogger C_mim said...

olha pás, aqui pode ser o 3 em um, o 3 em linha ou fora nove ficam 3...

 
At 18/9/06 8:49 da tarde, Blogger Ana said...

Acho que depende muito da altura...a combinação é que nos torna tão diferentes e interessantes!

Mas fiquei muito curiosa com esse texto que recebeste. Parece-me um excelente tema.

Beijinhos

 
At 18/9/06 9:09 da tarde, Blogger Meia Lua said...

Em mim impera o Bad e o Mad... Não fosse eu da Lua e da alma feminina... O sad um pouco menos, felizmente. Mas como dizes, todas nós temos os 3 lados, porque somos mulheres e durante toda a existência fomos habituadas a sobreviver num mundo de homens, mais com inteligência, porque a força tinham eles... ser mulher é ser vários seres ao mesmo tempo... bjinhos

 
At 18/9/06 9:26 da tarde, Anonymous Nes said...

Tenho um pouco das três, confesso...

 
At 18/9/06 10:12 da tarde, Blogger Hindy said...

Tenho momentos das 3 facetas mas a que mais arde me mim é a "sad"... não é bem triste, é mais calma...

Um beijinho "hindyado"!

 
At 18/9/06 10:16 da tarde, Blogger Leticia Gabian said...

Transito entre a "mad" e a "sad".
Embora, muitas vezes desejasse ser very, very, very bad.
Beijos pra ti.

 
At 18/9/06 10:17 da tarde, Blogger Cristina said...

todas temos um pouco de tudo :))acho..

beijinhos, gostei muito.

 
At 19/9/06 1:39 da manhã, Blogger Madalena said...

Depois de um debate tão bad, fico sad e a temer ficar mad....
Mil beijinhos, Azulinha!

 
At 19/9/06 8:01 da manhã, Blogger Pitucha said...

Que pergunta tão indiscreta!
Beijos

 
At 19/9/06 9:25 da manhã, Blogger anamoris said...

Querida 125 as meninas boas vão para o Céu à más vão a todo o lado.
Estou do lado daquelas que querem ir a todo o lado. E as tristezas não pagam dívidas.
Hoje só escrevo frase feitas!!!!!
Beijos

 
At 19/9/06 10:13 da manhã, Blogger a lice said...

Bom dia!

A mini-saia preparou um post para ti!:) Espero que esteja do teu agrado!

Beijinhos.

 
At 19/9/06 4:35 da tarde, Blogger SIPO said...

Não escapo ao 'bad'; retraio o 'mad'; e já fui mais 'sad' :)

 
At 19/9/06 11:24 da tarde, Blogger UrsaM said...

Acho que sou capaz de ficar Má, louca e triste e ainda 296.000 coisinhas mais ao longo de apenas um dia mas, em inglês,... coisa alguma!

 
At 20/9/06 10:15 da manhã, Blogger greentea said...

se n~~ao houvesse loucura no feminino se nao houvesse criatividade nonsense por vezes ainda estariamos fechadas no castelo , obrigadas a servir o nosso amo e senhor, a ser mais uma das suas concubinas e falar baixinho com um doce sorriso apenas qd ele quizesse...Sempre fui mad, um tanto avançada no tempo, ousei vestir umas calças e ir assim para o Institu, qd ningu´´em as usava, fui chamada ao Director , disse apenas que tinha frio e as salas deaulas n~~ao tinham aquecimento... no outro dia , era ver as minhas colegas ... tb de calças!

Ousadias , madness, criatividade e auto-estima e tantas outras coisas


gostaria de ler o trecho, o livro!

 
At 28/9/06 8:39 da tarde, Anonymous ana said...

as bad girls tem uma bola de fogo l]a dentro que implode e as faz loucas mas nao as deixa morrer. amei e estou perto de ser agua com as tuas palavras

p.s. tenho o word doido/ nao posso escrever bem

 

Enviar um comentário

<< Home