terça-feira, outubro 09, 2007

Mais do mesmo


No dia da abertura da Temporada de Caça por estas bandas, um pai alvejou e matou acidentalmente o seu filho que caçava com ele. No dia seguinte a esta notícia, todos os telejornais que na véspera a haviam noticiado, mostraram as imagens de um Ministro cujo nome não digo senão a criatura manda encerrar o meu blog, vestidinho de caçador, arma em punho à procura de bichinhos inocentes para assassinar, numa clara manifestação de pesâmes pelo sucedido na véspera. Há lá metáfora mais brilhante que esta para a nossa situação actual?
Adiante. Bom mesmo foi saber que, o mesmo Estado que demarca as áreas de caça e permite que se venda as armas aos caçadores, exige, a partir deste ano que os médicos de família, apoiados por uma avaliação/parecer psicológico, passem um documento que "garanta" que os caçadores não vão usar as armas para dar tiros em pessoas (já sabem, isso é privilégio do Governo!). Antigamente eram os Delegados de Saúde que passavam as autorizações para a caça, mas jamais lhes foi pedido este nível de responsabilização. O Estado, no seu melhor, lava daí as suas mãos.
Claro que a Ordem dos Médicos já saltou em defesa da classe, dizendo que ninguém pode obrigar um médico a passar semelhante atestado, que fica ao critério, blá, blá, blá.
Não há nesta terra uma Ordem dos Psicólogos, logo, sobra para quem? Para quem tem já que fazer avaliações para os meninos terem direito ao Apoio Escolar (o Ministério da Educação assim o obriga, mas não contrata Psicólogos para o fazer, assim nos Centros de Saúde, toma lá...), para quem tem que ter em agenda sempre um horário vago para Aconselhamento para as mulheres que querem fazer IGV (interrupção voluntária da Gravidez), para quem tem que fazer avaliações para garantir que não se dá a carta de condução a tarados (?)...
Vou invocar objecção de consciência! Sou contra armas, não como carne e não quero que matem animais. Acabou-se!
E vou gritar a quem inventou mais esta estupidez: "Ide, ide para as vossas casinhas fazer coisas construtivas: ide plantar uma árvore, pregar botões, fazer salsichas, catar carraças ao cão, apanhar sarna... algo de acordo com os vossos reais talentos e realmente útil! Ide à caca (assim, sem cê de cedilha, que eu estou cá com uma fúria!

Etiquetas:

14 Comments:

At 9/10/07 9:55 da manhã, Blogger neva said...

125 o meu pai é caçador, eu já fui com ele à caça, sinceramente quando fui a ultima vez fiquei contente por saber que não tinham caçado nada. A verdade é que a beleza da caça está no passeio que se faz no campo e na possibilidade de andar por sítios sem viva alma.
a convivência entre os Homens (M/F) e os cães e até mesmo entre os caçadores é fantastica. POr isso gosto de caça, tirando a parte de matar animais :)

 
At 9/10/07 11:40 da manhã, Blogger mjf said...

Bom dia 125-azul!
O médico de familia ,além de fazer mediciana preventiva e curativa tem de passar os "estupidos " atestados para uso e porte de arma e para a chamada carta de caçador, atestando que o utente tem capacidade fisica e mental e não tem aleijão( é este o termo) que o incapacite de blábláblá.....
Começar o dia a lamentar-nos não é nada bom, por isso um Bom Dia para todos

 
At 9/10/07 12:10 da tarde, Blogger MARTA said...

É, há coisas que não dá para acreditar...
E lidamos com isso todos os dias...
Preciso ter força....
Obrigada pela visita e um beijo especial ao meu sobrinho...
A tia pede desculpa, pelas razões que sabes, teve que fazer uns ajustes na vida dela, mas isto passa...
BEIJOS GRANDES
MARTA

 
At 9/10/07 1:06 da tarde, Blogger Pitanga said...

Esta coisa de Temporada de Caça, em Portugal, há que se diga.Eu bem via como era. Às vêzes, saía, ainda de madrugada, um gajo da cama em manhã fria e deixava a mulher lá com os pés frios e ele ia dar tirinhos ao ar e voltava com uns pardais pendurados ao cinto ou com uns coelhos selvagens na mala do carro. O gajo tinha um sorriso esquisito de quem tomou uns tintos e passava a noite no café a contar como tinha apanhado dois pássaros com um tiro só.

Isto é coisa d'homem!

Pescaria! É isto, Azulinha! E nem precisa atestado médico!

Bom dia pra ti!

 
At 9/10/07 1:08 da tarde, Blogger Pitanga said...

Enquanto venho cá tu vais lá? heheh

 
At 9/10/07 2:24 da tarde, Blogger Ck in UK said...

Calma!
lembras-te do incidente de caca do dick cheney?

 
At 9/10/07 3:55 da tarde, Blogger Morgenita said...

Juro que não percebo os caçadores. Mais... Nem sequer quero perceber!
Recentemente chegada de algures entre o matinho e as neves, já deixei ficar um presentinho para si na minha telinha!

Bjocas

 
At 9/10/07 6:43 da tarde, Blogger Alessander Guerra said...

A caça é algo tão ultrapassado quanto deve ser o tal ministro que você citou. O tal sem nome e pelo visto: sem eira nem beira.

Esses políticos se levassem seu tempo a trabalhar....

Caça para mim é covardia. Só vou concordar com ela o dia que os homens entrarem na mata desarmados ou então os bichos também estarem treinados com rifles a espera do animal humano.

até
Alessander Guerra
www.cuecasnacozinha.blogspot.com

 
At 9/10/07 8:53 da tarde, Blogger Hindy said...

E tens razão para isso...

Beijinho hindyado

 
At 9/10/07 9:50 da tarde, Blogger vih said...

Ele há lá coisa mais maxxa que andar aos tiros por montes e vales, dormir ao relento, passar rios a vau, não apanhar nada, roubar umas galinhas, comprar na volta uns coelhos e perdizes no mercado e estes estarem já em decomposição. Minhas senhoras e meus senhores isto representa a evoluçõ da espécie humana, no seu melhor, claro.
E se os ministros trabalhassem o que lhes competia em vez de andar a fazer "vistanças" para e com os amigalhaços, nenhum queria ser ministro.

 
At 10/10/07 1:39 da manhã, Blogger Angela said...

O que me espanta é a semelhança entre nosso países. Só temos caça, aqui no Rio,a pessoas.Temos pais que atiram em filhos e os que atiram em qualquer um e, temos um conselho de psicologia que só faz se preocupar com política e empregos publicos e, acha que protege seus agregados? explora-os!
melhor não ter. Uma despesa inútil a menos.

 
At 10/10/07 7:39 da manhã, Blogger Melões Melodia said...

Eu como nao tenho cedilhas nao posso comentar. Isto porque ha caca e caca, apesar de o fundamento ser o mesmo.
Beijos

 
At 11/10/07 12:30 da manhã, Blogger Carlos Malmoro said...

Para além da observação pertinente que fazes, há algo que nos une: também escrevo sempre IGV e não IVG, como penso que deveria ser. ;)

Beijocas

 
At 17/10/07 8:36 da tarde, Blogger Sinapse said...

Bom mesmo foi saber que, o mesmo Estado que demarca as áreas de caça e permite que se venda as armas aos caçadores, exige, a partir deste ano que os médicos de família, apoiados por uma avaliação/parecer psicológico, passem um documento que "garanta" que os caçadores não vão usar as armas para dar tiros em pessoas (já sabem, isso é privilégio do Governo!).

Tens razão! Inventam cada uma!!!!!

 

Enviar um comentário

<< Home