quarta-feira, outubro 17, 2007

Preguiça


Não é bem preguiça. É um cansaço, mais moral que físico, uma letargia que parece derreter o sangue e pô-lo a circular mais devagar nas veias. Um coração aos solavancos, a bater desgovernado, ora rápido, ora lento, lento...
Sou optimista por natureza. Amo os meus amigos, mas não tenho tido tempo nem espaço emocional para eles. O meu telemóvel está inundado de sms "me liga, vai", "amiga, e aquele café?", "ó mulher, onde andas tu?", "como faço para marcar audiência com vocelência?", "não tou bem, quando me dás miminhos?". Custa-me responder, como se deixando os dias passarem, o resto passe também.
No e-mail, 300 e tantas mensagens por ler e responder. Mesmo descontando as publicidades e inutilidades, há coisas sérias que deveria ver e avaliar.
Lá longe, amigos que sempre deram colo a precisarem do meu agora.
Aqui dentro, medo. Uma canseira danada. Esperança.
Vamos ao Hospital hoje, filha. Mas não vai ser tão terrível como nos andam a fazer supôr. Nunca é, a mãe não deixa.
Depois, a mãe esmigalha a preguiça e volta para dar beijinhos gratos a todos os que estão sempre connosco. Perto, longe, aqui, no coração.

Etiquetas:

13 Comments:

At 17/10/07 9:01 da manhã, Blogger espumante said...

Seja o que for, não vai ser nada. Porque tu não deixas. Falaste e disseste :))
beijos

 
At 17/10/07 9:49 da manhã, Blogger Melões Melodia said...

Boa sorte, e sim a mae nunca deixa. beijinhos

 
At 17/10/07 10:06 da manhã, Blogger neva said...

mãe é mãe e não há nada melhor, a tua filha certamente necessita de ti agora, bem como a família por isso todos os amigos sabem esperar e sabem que não é so fisicamente que se mantem uma amizade é cá dentro no coração e todos devem estar do vosso lado mesmo mentalmente a dar forças. tudo vai correr bem porque a vida é assim mesmo. um abraço apertadinho

 
At 17/10/07 10:07 da manhã, Blogger greentea said...

Eu não lhe chamaria preguiça, mas cansaço , esgotamento, solicitações demasiadas para as nossas capacidades que já não temos vinte anos e muitas amarguras por dentro nos vão moendo às vezes. Ainda conseguimos um sorriso para os filhos ou uma olhadela cúmplice para o Green ou para o Azulão ...mas não exijam muito mais!

Desapareci uns dias para ver se me punha em ordem ; Miss Green ficou que tinha trabalhos e teste e nem viria a casa e nós os dois "pirámo-nos"...

Vais-te pôr em ordem também. As Azulinhas que façam as suas pesquizas na net, não partilhem namorados com ninguém, o bluezinho que se esforce por não sujar tanta fralda e Mr Azulão que dê uma achega nisso tudo. Não são eles os tais chamados de sexo forte? Porque havemos de armar-nos em heroínas??????????


Queima um incenso de coco e canela todos os dias ao chegar a casa. Perfuma e dá energia !

 
At 17/10/07 10:46 da manhã, Blogger Álex said...

é claro que não vai ser tão mau, faço figas, torço por vocés, ânimo!

 
At 17/10/07 12:27 da tarde, Blogger Miudaaa said...

Como gostei de lerTEEE.
Gostei mesmo... mas gostei, nao pelo teu estado de alma, mas pela sensibilidade sentida nas tuas palavras.
Identifiquei-me tanto com tudo o que aqui deixaste expresso.

Quanto ao maisss importanteee de TUDOOO,,, quero TANTO, mas TANTO que continues a acreditar que não vai ser tão terrível. Tu Sabes.

Um Beijo da miudaaa

 
At 17/10/07 8:47 da tarde, Blogger Sinapse said...

Espero que esteja tudo bem, querida Azulinha!

 
At 17/10/07 9:30 da tarde, Blogger AEnima said...

O que quer se seja que te atormente, que passe depressa. A Mae nao ha de deixar se seja assim tao mau :)

Beijinho

 
At 17/10/07 10:53 da tarde, Blogger Mocho Falante said...

Mas afinal que se passa???? Fiquei apreensivo com este post mas tenho a certeza que lá de cima as estrelas vão estar contigo

beijocas mmuuuuiiittto deces quase diabéticas

 
At 18/10/07 4:19 da manhã, Blogger Pitanga said...

Agora quem ficou com medo fui eu...por ti. Mas tens o meu colinho para o que for.

À menina, beijinhos da tia Pitanga.

 
At 18/10/07 6:46 da tarde, Blogger C_mim said...

ui..ui...ui...

Tinóni... tinóni... tinóni... Tenho de passar pelo emprego de manhã bem cedinho para dar miminhos...

Se tiver ocupada deixo algo pendurado na porta... Afinal a tradição ainda é o que era...

Beijinhos... Tente descansar... vai tudo correr bem. Eu seique vai. Eu já disse isto antes e correu bem... Com alguns percalços na saída da barriga e à entrada no mundo dos sapiens sapiens... Mas correu bem.

 
At 19/10/07 7:31 da manhã, Blogger AEnima said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 19/10/07 7:53 da manhã, Blogger Angela said...

Ontem li este post e meu coração voou até aí pra te acarinhar mas o cansaço era igual, então ficou o afeto no mais que virtual, na energia do espírito que pode ir aonde quiser e quis!
Azulinha, estou impressionada com a canseira que toma as pessoas. A quantidade de jovens com problemas de tireóide, de diabetes, é imensa. Além de desconfiar dos hormônios que botam nas aves que comemos também há uma simbólica exaustão,falta de energia vital! Não se cobre coisa alguma. Proteja-se e guarde-se! Um beijo amoroso da dinda.

 

Enviar um comentário

<< Home