quarta-feira, fevereiro 22, 2006

Homenagem


"é apenas um galho...
(?)
não está nu
não está morto

está despido
porque em liberdade no seu ciclo de vida

não sei bem se é andorinha o que quero dizer
é apenas um galho

talvez desenho de folhas e flores sob azul",

dizias hoje, olhos rasos de lágrimas porque tinhas perdido o caminho e não achavas a esperança.
E esses olhos azuis que teimam em queimar e arder, mesmo quando a voz esmorece!
Vês como também tu escreves bonito?

21 Comments:

At 22/2/06 8:22 da tarde, Blogger C_mim said...

As árvores crescem sós. E a sós florescem.

Começam por ser nada: Pouco a pouco
se levantam do chão, se alteiam palmo a palmo.

Crescendo deitam ramos, e os ramos outros ramos,
e deles nascem folhas, e as folhas multiplicam-se.

Depois, por entre folhas, vão-se esboçando as flores,
e então crescem as flores, e as flores produzem frutos,
e os frutos dão sementes,
e as sementes preparam novas árvores.

E tudo sempre a sós consigo mesmas.
Sem verem, sem ouvirem, sem falarem.
Sós.
De dia e de noite.
Sempre sós.

Os animais são outra coisa.
Contactam-se, penetram-se, trespassam-se,
fazem amor e ódio, e vão à vida
como se nada fosse.

Ás árvores não.
Solitárias, as árvores,
exauram terra e sol silenciosamente.
Não pensam, não suspiram, não se queixam.
Estendem os braços como se implorassem;
com o vento soltam ais como se suspirassem;
e gemem, mas a queixa não é sua.

Sós, sempre sós.
Nas planícies, nos montes, nas florestas,
a crescer e a florir sem consciência.

Virtude vegetal viver a sós
e entretanto dar flores.

(António Gedeão - poema das árvores)

 
At 22/2/06 8:25 da tarde, Blogger 125_azul said...

As coisa que c-mim sabe, verdade?
Noite infinitamente feliz, merci pela visita.

 
At 22/2/06 10:56 da tarde, Blogger greentea said...

as árvores estendem os braços para que as abracemos , para q retiremos delas a sua energia revivificante, absorvendo a nossa - podre, velha , gasta, triste, doentia...
E rejuvenescem-nos!

 
At 23/2/06 12:04 da manhã, Blogger UrsaM said...

"Há nos bosques

Árvores loucas de pássaros."

Paul Eluard

Será que nos bosques e jardins elas não se comunicam? Eu acho que sim!

 
At 23/2/06 12:26 da manhã, Blogger Folha de Chá said...

Vim agradecer a visita e encontrei palavras de que gostei. :) Também eu voltarei. E obrigada por gostares do cha. :)

 
At 23/2/06 7:33 da manhã, Blogger a lice said...

Gostei do blog!

Não conhecia mas voltarei!

 
At 23/2/06 11:12 da manhã, Anonymous melguinha said...

Sabe, também eu, muitos dias me sinto um galho, despida das folhas que dão algum sentido a esta vida.

Hoje é um desses dias.

Beijinhos.

 
At 23/2/06 11:50 da manhã, Blogger Kiki said...

Só um salto muito rapido aqui para te desejar boa viagem e um excelente carnaval!!!

Beijinhos

 
At 23/2/06 1:04 da tarde, Anonymous a MA R said...

perguntou
"... e de onde são esses galhos?"
só consegui responder :" do mundo",
prenuncio de ciclos infinitos e multiplicaveis de vida.

Paul Eluard é poeta
saberemos nós que sim, que há nos bosques...

não haverá também no mar?
não haverá tambem em chamas?
árvores loucas de pássaros?

percebi que se encerrou um ciclo, ontem
tento que não me ocorra pensar:
tarde demais
porque
virão ciclos?
virão árvores?
virão passáros?

e acreditar que não há espaços definidos para a comunicação
serão apenas encontrados

 
At 23/2/06 1:24 da tarde, Anonymous a MA R said...

D M
não tem alma
é a ALMA
grande!
com braços que se estendem até perder de vista
libertando delicados pedacinhos
à sua volta
que se regeneram de novo

percebia hoje de manhã
que as gotas que caiam
não eram de chuva

eram cristaizinhos
pequeninos
libertados também por essa alma
espalhavam brilho

para tanta gente à espera

nós gostamos de aprender coisas bonitas
para mim, voltei a perceber algo de Lindo!
D M está por perto

(e o meu 1,53m dá para dar um abraço, de braços bem apertados)
... que seguro por dentro

 
At 23/2/06 3:26 da tarde, Anonymous melguinha said...

Hoje é um dia triste; hà l9 anos o nosso ZECA partiu.
Mas, como todos os génios deixou-nos a sua obra, sempre linda e, sobretudo sempre actual.

Que as próximas gerações continuem a tê-lo como exemplo e não se deixem abater pelos donos do dinheiro.

Eu passei o gosto pela obra do Zeca aos meus "descendentes" que também "pegaram" esse gostinho e irâo passá-los aos pequeninos que irão chegar.

Era bom que muita gente fizesse o mesmo.

 
At 23/2/06 4:43 da tarde, Blogger 125_azul said...

Vem e que os teus amigos venham contigo. beijinhos a quem vem sempre, beijinhos a quem finalmente veio, beijinhos a quem diz, pensa e sente tantas, tantas coisas!

 
At 24/2/06 6:09 da tarde, Anonymous Revoltado do Sistema said...

Zeca Afonso, sem palavras para descrever a falta de talento que por ali anda. por favor deixem as futuras gerações viver em paz sem terem de ouvi-lo de novo.
Este Blog cheira-me a pessoas que assistem muito ao Sexo na Cidade.....

 
At 24/2/06 9:54 da tarde, Anonymous melguinha said...

E qual é o seu problema?
Se não gosta do cheiro não venha cá, não faz cá falta nenhuma.

E quento ao ZECA, quando falar dele ponha-se em sentido porque ele foi das pessoas mais revoltadas do sistema.
E por isso morreu deixando a família com dificuldades.

Se tivesse vivido noutro País que não o nosso aonde teria chegado o seu nome e como seria apreciado o seu talento?

E já agora porque não assiste ao Sexo e a Cidade? Pode ser que aprenda lá alguma coisa que o ponha mais bem disposto.

 
At 24/2/06 10:19 da tarde, Blogger 125_azul said...

Da-lhe, melguinha, è cada chatonildo que nos aparece!
Tou muito a nora com este teclado franc^es, nao acho os acentos, as letras estao em lugares estranhos, uma neura

 
At 24/2/06 10:24 da tarde, Anonymous melguinha said...

125_azul:
Desculpe, não devia ter respondido a provocações neste seu blog.

Sei que não serve de atenuante, mas "passei-me da marmita"
Não voltará a acontecer, porque não quero que este blog se transforme em botequim de terceira, como disse a Angela e, muito bem.

 
At 24/2/06 10:28 da tarde, Anonymous melguinha said...

Ainda não tinha visto que estava aí.

Estou muito contente, mas foi a Paris para blogar?
Sei que o dia tem 24 horas, mas não tem coisas muito mais importantes para fazer.

Beijinho grande.

 
At 24/2/06 10:33 da tarde, Anonymous melguinha said...

Passe por c_mim, por favor.

Hà láum anónimo que tem qualquer coisa para lhe dizer.

 
At 16/2/07 4:20 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Cool blog, interesting information... Keep it UP Cpu speed benchmark chip ingram education Four door refrigerator recreation boating marine communication channel and

 
At 6/3/07 2:44 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Where did you find it? Interesting read » » »

 
At 17/3/07 7:05 da tarde, Anonymous Anónimo said...

best regards, nice info here

 

Enviar um comentário

<< Home